Comprar carro ou mota? Qual a melhor escolha?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

carro ou motaFez os 18 anos, tirou a carta de condução e enfrenta o grande dilema. Vou comprar um carro ou uma mota? Mas esta é uma questão que não é exclusiva dos mais jovens. Também há quem já conduza carro há muitos anos, e planeie mudar de meio de transporte para algo mais prático e económico. Menos comum é quem costuma andar de mota comprar um carro, a não ser por motivos familiares e de falta de espaço.

Seja qual for a situação, o artigo de hoje é uma simples comparação sobre se será melhor comprar um carro ou uma mota.

A resposta à questão é fácil: depende. Efectivamente, tudo depende das necessidades de casa um, do dinheiro disponível, se está disposto a chegar molhado ou com frio a casa, etc. Será uma boa ideia reflectir muito bem sobre todos estes factores, e ponderar tudo antes de decidir comprar um carro ou uma mota.

 

Comparativo: Comprar carro ou mota?

Se decidir comprar carro, provavelmente terá de gastar mais dinheiro, não só na compra, mas também no combustível, no valor do seguro, impostos de circulação, parqueamento, etc. Por outro lado, andar de carro tem como vantagem ser mais cómodo do que andar de mota, e sobretudo mais seguro, o que se torna muitas vezes num factor determinante na escolha.

Os utilizadores de motos ainda são um grupo minoritário, mas certamente que já se terá dado conta que há cada vez mais motos a circular, principalmente nas cidades. Por alguma razão será. São cada vez mais as pessoas que andam com um veículo de duas rodas (embora também haja algumas maxiscooters de três rodas) e as suas vantagens são evidentes: permitem poupar muito tempo e dinheiro. Para começar, os gastos com combustível são muito inferiores a um carro, o seguro é mais barato, e as distâncias são percorridas em menos tempo pois é possível passar entre os carros e evitar os engarrafamentos, e ainda têm menores custos de manutenção. Os inconvenientes são a chuva ou o frio, a insegurança (em caso de queda é o nosso corpo que sofre as consequências) e a capacidade de carga bastante reduzida.

LER TAMBÉM  A inteligência emocional e os hábitos de poupança

Em resumo, podemos dizer que se procura segurança e tem necessidade de transportar mais pessoas, a sua escolha acertada é o carro. Mas se o que procura é poupar dinheiro em combustível ou parqueamentos, agilidade e não perder tempo em engarrafamentos, a sua escolha ideal é a mota.

Esperamos estes conselhos lhe permitam fazer uma boa escolha. Lembre-se: Carro ou mota? Aqui estão os principais factores da escolha.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.