Economizar energia é ecológico

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

economizar energiaEconomizar energia é o caminho mais eficaz para reduzir as emissões poluentes de CO2 (dióxido de carbono) para a atmosfera, e consequentemente para tentar evitar mais problemas relacionados com as alterações climáticas. Será também o caminho mais fácil e rápido para o conseguir. Por cada quilowatt/hora de electricidade poupada, evita-se a emissão de aproximadamente um quilograma de CO2 na central térmica onde se queima carvão ou petróleo para produzir essa electricidade.

 

Vantagens de economizar energia

Para além da vantagem económica, economizar energia tem outras vantagens adicionais para o meio ambiente uma vez que assim se pode evitar: chuvas ácidas, marés negras, contaminação do ar, resíduos radioactivos, risco de acidentes nucleares, proliferação de armas nucleares, destruição de florestas, devastação de espaços naturais, desertificação.

Todas estas vantagens podem ser traduzidas por uma melhor qualidade de vida, mais ainda se consumir menos energia estiver relacionado com uma melhoria dos serviços que esta nos proporciona (luz, calor, movimento, etc.), ou seja, trata-se de melhorar a eficiência energética.

É o melhor caminho para colocar um travão à actual situação de desperdício energético. Há que reconhecer que são demasiadas as ocasiões em que consumimos energia desnecessária e que não precisamos, recebendo pouco ou nenhum serviço em troca, ou até mesmo um mau serviço e prejuízos.

 

Quanta energia se pode economizar

Economizar energia em casa

  • Lâmpada fluorescente compacta (de baixo consumo) 80%.
  • Máquina de lavar roupa de baixo consumo energético, 40 – 70%.
  • Frigorífico de baixo consumo energético, 45 – 80%.
  • Aquecimento em casa bem isolada, 50 – 90%.
  • Aquecimento a gás em vez de electricidade, 53 – 80%.
  • Bomba de calor em vez de aquecimento eléctrico, 50%.
  • Cozinhar a gás em vez de electricidade, 73%.
  • Forno a gás em vez de eléctrico, 60 – 70%.
  • Máquina de lavar louça com água quente, 68%.
  • Usar papel reciclado em vez de papel virgem, 50%.
  • Reciclar alumínio, 90%.
  • Tapar as panelas ao cozinhar e ajustar o tamanho da chama, 20%.
  • Permitir a ventilação da grelha do frigorífico, 15%.
  • Subir um grau a temperatura do termostato do frigorífico, 5%.
  • Aquecedor de água a gás ou solar com apoio eléctrico, em vez de apenas eléctrico, 60 – 70%.
  • Aquecedor de água solar com apoio a gás, em vez de aquecedor a gás, 60%.
  • Aquecedor de água solar com apoio a gás, em vez de aquecedor eléctrico, 85%.
  • Ventilador no tecto em vez de ar condicionado, 98%.
  • Ar condicionado evaporativo em vez de refrigerativo, 90%.
LER TAMBÉM  Poupar comparando os preços

 

Economizar energia no carro

  • Partilhar o carro com duas, três ou quatro pessoas, 50 – 66 – 75%.
  • Usar o autocarro em vez do carro, 80%.
  • Caminhar ou ir de bicicleta em vez de usar o carro, 100%.
  • Conduzir a 90 Km/h em vez de ir a 110 Km/h, 25%.
  • Carro pequeno em vez de grande, 44%.
  • Mudar o filtro do ar do carro, 20%.
  • Pneus à pressão correcta, 10%.

Os números indicam a percentagem de energia que se pode poupar em relação ao que se consumia antes da mudança.

 

Sabia que?

Economizar energia é também um dever de solidariedade, se tivermos em consideração que cada habitante dos países mais desenvolvidos consume em média a mesma energia que 16 pessoas no terceiro mundo.

Os europeus da Europa Ocidental são responsáveis pela emissão de seis vezes mais quantidade de dióxido de carbono do que os africanos.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...