Sugestões para a sua Visita ao Supermercado

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Sugestões para a sua Visita ao SupermercadoVamos conhecer neste artigo algumas sugestões ou dicas úteis para poupar na sua conta de supermercado. Existirão muitas outras, pelo que pedimos que as partilhe connosco, de modo a aprofundar este assunto e a fazer chegar a poupança a mais pessoas e de forma mais profunda.
  • Faça sempre uma lista de compras procurando segui-la, sempre que possível e na medida da razoabilidade. Caso disponha de tempo e conheça a organização do supermercado, procure agrupar os vários artigos na lista por sectores. Assim irá evitar passar por secções não desejadas, evitando assim a tentação de compras não desejadas;
  • Procure conhecer as cadeias de supermercados de desconto (hard-discount), pois têm produtos de grande qualidade, apesar da apresentação ser pouco apelativa, a preços muito interessantes. Adicionalmente, algumas vendem os seus produtos que estão perto do final do prazo a preços mais atractivos (ou mesmo oferecem-nos);
  • Nunca será de mais relembrar que deverá optar, sempre que possível, pelas marcas brancas. Não só são de grande qualidade, bem como muitos dos artigos são produzidos pelas marcas mais conceituadas, com o intuito de escoar produção e ganhar público em outro segmento-alvo sem prejudicar a sua imagem de qualidade;
  • Use os programas de fidelização, pois conseguirá acumular pontos e descontos em cartão, ou ter acesso a promoções cruzadas (como os descontos em supermercado e combustível, por exemplo);
  • Utilize um cesto de mão em detrimento do carrinho, dado dispor de menos espaço disponível para armazenar as suas compras. Adicionalmente, terá que o transportar, facto que resulta num maior sacrifício, muitas vezes limitador da despesa;
  • (Sempre que possível) nunca leve as suas crianças. Na realidade, todos sabemos os apelos insistentes e muitas vezes mal-educados das crianças quando querem alguma coisa. Não só costumam ser artigos caros, como desnecessários ou que fazem mal à saúde. Deste modo, irá poupar certamente em chatice e no seu bolso.
  • Informe-se das promoções em vigor nas várias cadeias de supermercado, quer com recurso à Internet, quer com o apoio dos folhetos deixados na caixa do correio ou anúncios televisivos;
  • Perca algum tempo a comparar os preços unitários dos produtos. Tendencialmente acreditamos que as embalagens maiores são mais baratas, facto que nem sempre é verdade;
  • Não faça compras quando está com fome ou chateado, pois está provado que nessa situação irá tender a comprar mais produtos alimentares; As empresas de grande consumo mais conceituadas procuram que os seus produtos estejam posicionados em lugares mais visíveis aos olhos dos seus clientes, de modo a despertar a sua atenção (aliás, as cadeias de supermercado vendem os espaços na loja de forma diferenciada, pelo que só mesmo as grandes marcas têm acesso a estes locais). Ciente disto, procure por produtos em locais mais escondidos. A qualidade não é degradada e os preços costumam ser mais acessíveis;
  • Opte por produtos da época, dado que os outros necessitaram de armazenagem, o que torna todo o processo de fabrico e venda mais dispendioso, o que é reflectido no preço final;
  • Procure produtos menos transformados, caso tenha a possibilidade de o fazer em casa. Ou seja, é natural que o queijo ralado, os legumes lavados e prontos a servir, os pratos pré-cozinhados e outros, cuja produção envolva uma transformação, que encarece o produto.
Bem, são apenas algumas sugestões, compilados de vários sítios da Internet e de alguns artigos de jornal. Quais as suas sugestões?
LER TAMBÉM  Escolher o mais interessante de cada supermercado

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.