gastos dispensáveis

Sabe como Resistir aos Gastos Dispensáveis?

gastos dispensáveis
Para que as finanças sejam devidamente preservadas, é importante saber como gerir os gastos dispensáveis. É muito comum ver como as pessoas podem estar um pouco carentes de dinheiro no final de cada mês. Contudo, isto não se deve precisamente a um caso de dívida ou de despesas imprevistas, mas sim devido às despesas que são dispensáveis, aqueles gastos que acabam por gerar um desequilíbrio no orçamento de cada pessoa.
As despesas dispensáveis podem ser chamadas aquelas que, embora pequenas, são sobretudo para satisfazer um prazer, e não uma necessidade. Algumas delas podem ser:
  • Compra de tabaco,
  • Consumo de bebidas alcoólicas
  • Comprar doces ou qualquer outra coisa para desfrutar, entre outros.

Dicas para resistir a estas despesas

Há uma série de dicas que todos podem aplicar para resistir aos gastos que são dispensáveis e reduzi-los o mais possível:
  • Pense antes de decidir: antes de fazer qualquer despesa, tem de se permitir comparar produtos, mesmo que se trate de uma pequena compra de qualquer capricho ou tratamento que queira dar, porque estes consumos acabam por se somar a um número considerável. É por isso que se recomenda pensar se realmente precisa de comprar esse produto, e comparar diferentes preços no mercado.
  • Registe tudo o que está a comprar: este é um mecanismo que ajuda a manter um controlo detalhado do que está a ser gasto num momento específico, e permite avaliar e identificar o que está a causar um impacto negativo no orçamento. É aconselhável fazer do registo uma tarefa regular, para isso já existem aplicações disponíveis que podem ser descarregadas para ajudar a realizar esta tarefa.
  • Saber gerir as moedas: o troco de cada compra deve ser utilizado com consciência, por mais pequeno que seja. Cada cêntimo pode contribuir para equilibrar o orçamento que está a ser gasto na compra de produtos. Este dinheiro pode ser poupado ou utilizado para pagar pelos serviços.
  • Estabelecer um limite orçamental: isto ajudá-lo-á a estabelecer um limite quando se trata de compras, porque quando se estabelece um orçamento deve ser cumprido, quer se vá ao supermercado ou para viajar. Tudo deve ser refletido e calculado no orçamento previamente estabelecido. Isto ajudará a evitar essas despesas dispensáveis.
  • Tomar consciência: O mais importante é aplicar todas estas dicas com consciência e com pleno conhecimento do que se pretende alcançar, e assim evitar gradualmente continuar a gastar em produtos e serviços que são dispensáveis, aceitando que não os consumir muitas vezes pode ajudar a melhorar a economia.
LER TAMBÉM  Rebuçados caseiros para a garganta inflamada
2

Sem comentários

Deixe o seu comentário