Quer ser invencível em termos financeiros?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

flexibilidade

A flexibilidade é uma das coisas que melhor nos pode proteger em termos financeiros. A flexibilidade da nossa mente, não da carteira, claro.

As mudanças na vida (comprar ou arrendar casa, casamento, ter filhos, perder o trabalho, etc.) custam-nos imenso em matéria de adaptação, stress e saída da nossa zona de conforto. Mas a melhor forma de minimizar os efeitos destas mudanças é a “elasticidade”.

 

O vento não quebra uma árvore que se dobra.

Isto também é uma lição em matéria de dinheiro e finanças pessoais. As palmeiras são grandes exemplos: quem já viu imagens de furacões certamente terá reparado nas palmeiras a dobrarem-se à força do vento, sem no entanto se partirem. Movem-se ao ritmo furioso dos ventos ciclónicos. Apesar disso, é raro que sejam arrancadas ou partirem-se. E como é que se protegem da tempestade? A única coisa que têm para se proteger é a flexibilidade.

Fica então a questão. E nós? Quão flexíveis somos realmente? Meditar sobre as respostas às seguintes perguntas poderá ajudar a esclarecer:

  1. Se o despedirem repentinamente do seu emprego, como é que irá reagir? Tem um plano B?
  2. Se cortarem o orçamento para a sua área, qual será a sua primeira reacção?
  3. Já não pode comprar determinados produtos do supermercado porque subiram de preço. O que vai agora comprar?
  4. Pedem-lhe para fazer mais trabalho e reduzem-lhe o ordenado. O que vai fazer agora?
  5. Tem de cortar os gastos em casa. Acha esta ideia stressante? Como vai solucionar este problema?

A flexibilidade é uma combinação equilibrada entre risco, tolerância ao fracasso, ganhos, realizações e algo de improvisação.

Acostumar a nossa mente a adaptar-se às mudanças, incluindo as mudanças mais negativas, pode ser feito através da lendária prática do “Como seria se…” e da criação de planos alternativos, e das novas ideias, sem esquecer que as soluções para os imprevistos mais difíceis estão sempre dentro de nós. Mesmo que isto pareça um cliché.

LER TAMBÉM  Como viver apenas com 500 euros por mês

Está disposto a exercitar a sua flexibilidade? Quer partilhar como o irá fazer? Deixe o seu comentário. Partilhe as suas ideias e planos.

3 Comentários

  1. Lu
  2. Everson alexandre

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...