método kaizen

O que é o Método Kaizen: Passos e Exemplos

Nas redes sociais e outros meios de comunicação social fala-se, há já algum tempo, do método Kaizen. Isto, embora considerado por muitos como um mero tipo de metodologia ou ferramenta empresarial é, na realidade, e segundo aqueles que o aplicaram, uma filosofia de trabalho e de boas práticas que permitem alcançar a excelência em várias áreas de negócio e, também na própria vida pessoal.
Se quiser saber mais sobre o método Kaizen, os passos que devem ser seguidos para o realizar corretamente e exemplos de sucesso neste método, recomendamos que continue a ler este artigo. Descubra o que é o método Kaizen: passos e exemplos.
método kaizen

O que é o método Kaizen – Filosofia Kaizen

A filosofia Kaizen surgiu como um movimento socioeconómico no Japão após a Segunda Guerra Mundial. O país encontrava-se no meio de uma crise que tinha engolido todas as áreas da sociedade e via as nações ocidentais a progredir em direção a um futuro que se estava a tornar cada vez mais distante. A fim de competir com as grandes empresas e gigantes da Europa e dos Estados Unidos, o governo japonês concebeu um sistema de organização e gestão destinado a alcançar o sucesso e a perfeição em todas as áreas de uma empresa. Para o conseguir, foi necessário trabalhar em todas as áreas da empresa: recursos humanos, segurança, produtividade, ambiente, etc.
Ao longo do tempo e com a ajuda da metodologia Kaizen, as empresas japonesas atingiram a excelência e a qualidade total dos seus produtos. O seu lema: “Hoje, melhor do que ontem. Amanhã, melhor do que hoje”, resume perfeitamente uma filosofia em que o espírito de luta e a melhoria contínua é a principal força motriz e a base de tudo. Graças ao Kaizen, o Japão ressuscitou das cinzas e, em pouco tempo, tornou-se uma potência económica.
O método Kaizen atravessou fronteiras e tornou-se um dos métodos preferidos por muitas empresas que querem otimizar os recursos de que já dispõem para obter o máximo lucro. Estes são os três pontos principais da filosofia Kaizen:
  • Atingir um produto perfeito e de qualidade: reduzir custos tanto na produção do produto final como a nível energético.
  • Melhorar a situação laboral dos trabalhadores através de: criação de um ambiente de trabalho e local de trabalho seguro e valorizado, desenvolvimento de protocolos de segurança para promover a segurança no trabalho, redução dos riscos e outros perigos.
  • Reduzir o impacto ambiental através de uma política adequada de gestão de resíduos.

Como aplicar o processo de melhoria contínua Kaizen

Como pode ver, o método Kaizen tem vantagens que qualquer empresa, grande ou pequena, estaria ansiosa por alcançar. Quer seja um empresário, quer queira iniciar o seu próprio negócio ou trabalhar no departamento de qualidade de uma empresa, estará interessado em saber como aplicar o processo de melhoria contínua Kaizen. Para o fazer, é essencial aplicar os chamados “5 S’s”:
  1. Seiri: nesta fase, coloca-se a questão de saber quais os elementos realmente necessários para produzir (os elementos que reduzem o tempo e os recursos) e eliminar ou reduzir aqueles que provaram ser inúteis ou que não contribuem em nada para a produção.
  2. Seiton: uma vez eliminado o supérfluo, o seiton deve enumerar e organizar os elementos essenciais para a produção.
  3. Seiso: este terceiro passo consiste na capacidade de resolução e na reação de um grupo de pessoas a um problema. Neste “s”, é importante saber como identificar um problema para aplicar a solução mais apropriada.
  4. Seiketsu: o capital humano é uma parte essencial de qualquer empresa e o método Kaizen é claro a este respeito. A promoção de um ambiente de trabalho positivo onde existam garantias de saúde e segurança no trabalho, bem como incentivos suficientes, encorajarão o trabalho de equipa e o excelente desempenho de todos os talentos de uma empresa.
  5. Shitsuke: significa compromisso. Compromisso por parte de todos, departamentos, gestores e funcionário para assegurar que o método Kaizen seja implementado com sucesso na empresa.

Método Kaizen: passos e exemplos práticos

Uma vez que os 5 S’s sejam conhecidos e começarem a ser aplicados, podem surgir problemas quando se trata de tomar as medidas certas para implementar com sucesso o método Kaizen. Empresas como o fabricante de automóveis Toyota ou gigantes no mundo da tecnologia como a Sony, passaram décadas a trabalhar e a melhorar continuamente graças ao método Kaizen, fazendo com que os seus produtos sejam conhecidos em todo o mundo pela sua qualidade e excelência. Alguns exemplos práticos que o podem ajudar a dar os passos certos para alcançar o sucesso Kaizen são:
  1. Aprender a comunicar: fomentar a comunicação entre os vários departamentos e hierarquias de uma empresa é vital para detetar falhas ou erros na gestão ou fabrico de um produto, bem como para resolver conflitos e dar origem a novas ideias que melhorem e contribuam de alguma forma para a empresa. Estabelecer uma agenda de reuniões com uma duração e frequência variadas (semanal, mensal, trimestral, …) é uma excelente ideia.
  2. Incentivar a ordem: manter um local de trabalho arrumado e limpo traduz-se numa forma de trabalhar com as mesmas características. A recolha da nossa secretária após o dia de trabalho irá ajudar a trabalhar muito melhor no dia seguinte.
  3. Trabalho de equipa: certamente, esta não é a primeira vez que se ouve falar da importância do trabalho de equipa. Organizar grupos de algumas pessoas (2 ou 4, por exemplo) para realizar um projeto é uma excelente ideia se quisermos encorajar o envolvimento e a proatividade dos empregados.
  4. Estabelecer um objetivo comum: que as diferentes equipas que discutimos no ponto anterior tenham um objetivo comum, ajudará cada um dos funcionários de uma empresa a unir-se para alcançar o sucesso. A motivação dos empregados a nível individual e global é essencial para alcançar os melhores resultados, anulando assim qualquer tentativa de sabotagem ou má prática dentro da empresa.
LER TAMBÉM  Como Evitar as Interrupções no Trabalho
2

Sem comentários

Deixe o seu comentário