bolsa de valores

Porque devia investir na bolsa se tem menos de 30 anos?

bolsa de valoresComeçar numa idade jovem a investir na bolsa de valores pode trazer excelentes resultados a longo prazo.
Se tiver feito 30 anos ou, pelo contrário, estiver abaixo desta idade, seria sensato considerar entrar na bolsa de valores. Sendo jovem, tem muitas capacidades totalmente surpreendentes que poderia usar para um efeito realmente lucrativo e superior como investidor individual.
E não tem necessariamente de estar na casa dos trinta, mesmo que já tenha mais de trinta anos, considere-se um vencedor e comece a tirar proveito.
Muitas pessoas pensam que a bolsa de valores é para pessoas com vasta experiência e apenas centrada em investidores com mais de meio século de idade. No entanto, também pode tirar partido da sua “curta” vida útil, porque aos 30 anos pode ser um excelente investidor de acordo com alguns estudos.
Os estudos mostram que estas pessoas têm muita paciência, um fator subestimado, mas totalmente positivo no mercado de ações.
Além disso, pode parecer simples, mas o trabalho descobriu que os jovens podem adiar o ganho imediato, fortalecendo-se em retornos a longo prazo.

Não cometer os erros típicos

A principal característica do estudo era a vantagem dos jovens em relação aos mais velhos, que esperavam pelos seus lucros. Esta tendência não é aparentemente tão fácil de dominar e manter, segundo a Universidade de Stanford, num estudo chamado “Marshmallow”.
Este fenómeno é reconhecido como um desconto temporário na esfera económica, o que nos permite poupar para muitas pessoas.
Além disso, é sempre importante compreender que a pessoa na casa dos trinta pode cair em fracassos na altura de investir, não tendo experiência. Lembre-se de que a idade é uma vantagem que o fará sobressair, mas também implica uma desvantagem no seu jogo na bolsa de valores.
Um erro é sobrestimar o que pode e é capaz de conseguir, por isso evite-o se quiser ser um investidor de sucesso.
É também importante ser cauteloso e não deixar tudo ao instinto, porque humanamente somos positivos quanto às possibilidades, mas humanos no final.

Tire partido da sua juventude

O facto de ser jovem e ter começado cedo a investir na bolsa de valores irá gerar grandes vantagens, como por exemplo:

Possibilidades de fazer uma fortuna.

A maioria dos grandes investidores na bolsa de valores iniciou o negócio quando eram muito jovens, mesmo antes dos 30 anos de idade.
Isto deu-lhes uma vantagem real sobre outros investidores experientes, por isso pensem nisso, não esperem demasiado tempo para decidir.

Capacidade de recuperar de perdas

Ao negociar na bolsa, quer seja jovem ou não, estará exposto a perdas financeiras, quer seja um corretor, um proponente ou um tomador de capital.
Se cair em perdas financeiras, poderá recuperar mais facilmente porque tem a energia para tentar novamente.

Rentabilidade com menos esforço

Se começar a investir cedo, em vez de aos 50 anos, poderá desfrutar dos seus retornos quando se reformar com uma idade inferior à média.
Só é preciso ser capaz de conceber melhores estratégias e aprender com os grandes para conseguir melhores resultados financeiros.

Faça crescer os seus investimentos

Lembre-se que a forma mais fácil de fazer crescer os seus investimentos e aumentar a sua riqueza é através de “Juros Compostos”.
Mas será que sabe realmente o que este termo significa? Trata-se de dar uma grande funcionalidade para os seus ganhos anuais.
A resposta é reinvestir, para além de ter um fator que todos na casa dos trinta anos: o tempo.
Esta propriedade é totalmente positiva para si, e destacar-se-á das mais antigas, se o que pretende é investir na bolsa de valores. Dedique-se a educar-se para que não só tenha de confiar na sua juventude, mas também combiná-la com estudo e estratégia.
A ideia principal do interesse composto é que pode multiplicar os interesses dos seus investimentos com grande desempenho.
Só o conseguirá se começar agora, porque com esta técnica, como está provado e é conhecida, é evidente que obterá maiores lucros.
De acordo com inúmeros gráficos, as pessoas que investem numa idade jovem, conseguem aumentar o seu património, muito mais do que os especialistas mais velhos.

O que podemos aprender?

É necessário visualizar o cenário de um investidor aos 30 anos de idade, rodeado por pessoas mais experientes na bolsa de valores.
Um investidor comum comete normalmente os mesmos erros, tais como acreditar que tem informação absoluta sobre o mercado real e atual.
E, sobretudo, estes tipos de investidores possuem a idade de 50 anos ou mais, o que implica que também se pode falhar assim.
Começar a investir dentro da bolsa de valores numa idade jovem dar-lhe-á uma vantagem, que será a eliminação do risco a longo prazo.
Esta é a analogia que existe entre risco e retorno a longo prazo, detalhando-o da seguinte forma: “Quanto menor for o risco, melhor será a relação risco-retorno”.
Tente entrar no mundo da bolsa, mas faça-o da forma correta, com o seu dinheiro em constante movimento. Além de o manter saudável emocional e financeiramente, o que é realmente positivo para o seu investimento, dando-lhe paz de espírito para melhor desenvolver as suas estratégias.
Portanto, se quiser ter sucesso no mundo tão complexo, mas ao mesmo tempo tão simples como a bolsa de valores, tome medidas. Prepare-se intelectualmente e combine sempre esses trinta anos com astúcia e paciência.
LER TAMBÉM  Seguros para o Crédito à Habitação
3

Sem comentários

Deixe o seu comentário