Exemplos de cartas de demissão de emprego

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

A carta de demissão do emprego usa-se quando uma pessoa renuncia ou opta por sair voluntariamente do seu posto de trabalho, rompendo assim a relação laboral com a empresa. Este documento não é complicado de escrever, embora seja necessário que seja redigida de uma forma clara. Por essa razão, trazemos hoje alguns conselhos para que possa escrever uma carta de despedimento formal ou mais simples.

cartas de demissão

Carta de demissão formal

Uma das formas de redigir a carta de demissão é começando por escrever o dia, o mês e o ano do lado esquerdo da folha. Depois deve escrever ainda na parte superior também o nome da empresa a que é dirigida. De seguida, pode-se começar por agradecer por tudo o que aprendeu durante o tempo em que esteve a trabalhar na empresa, os conhecimentos adquiridos ou a forma como foi tratado.

O parágrafo seguinte deve falar incidir sobre o capital humano da empresa, sendo este um dos factores mais valorizados e ressalvando a oportunidade que lhe foi dada de ter feito parte da equipa.

De seguida e num terceiro parágrafo pode falar um pouco sobre os projectos que levou a cabo ou que foram desenvolvidos por si, mas que é altura de enfrentar o desafio de deixar o emprego e de procurar novos horizontes. Após esta frase deve comunicar que está a cessar as suas funções na empresa. Termine agradecendo a confiança que foi depositada em si, o seu nome e a assinatura.

carta de demissão

Carta de demissão simples

Uma carta de demissão também pode ser redigida de forma mais simples e directa. Neste caso há que começar por escrever a data para que fique imediatamente claro o dia em que é apresentada.

O corpo da carta pode ser muito mais simples, não sendo necessário dar muitas explicações porque se está a apresentar a demissão. Pode ser suficiente apontar apenas motivos pessoais ou profissionais. No entanto, é importante assinalar que deve ser clara a data a partir da qual vai cessar funções na empresa.

LER TAMBÉM  6 Maus hábitos fomentados pelo uso dos cartões de crédito

Depois basta assinar a carta, indicado depois o seu nome completo se a assinatura não for legível.

 

Independentemente do modelo escolhido, deve fazer a carta em duplicado. Uma cópia é para a empresa e a outra é para si. Convém entregar a carta em mão e pedir para que seja carimbada e assinada a sua cópia por um responsável da empresa para formalizar o pedido de demissão. Outra opção é enviar a carta por correio registado.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...