E quando parece não haver saída?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

saídaPor várias razões, às vezes encontramo-nos no que aparenta ser um beco sem saída. Seja porque estamos num trabalho de que não gostamos e não somos bem pagos, ou porque estamos desempregados sem saber onde procurar emprego, as contas continuam a chegar e sentimos que nos movemos apenas para nos afundarmos ainda mais, como se estivéssemos em areias movediças.

Quantos estão sem trabalho, nem poupanças e sem nada no frigorífico? O pior nesta situação é que nem sequer há vontade de procurar emprego, ou melhor, é preciso dinheiro urgentemente, no entanto, por vezes é tanto o desespero que é preciso aceitar qualquer trabalho, por pior que seja, pois nestes tempos de crise o trabalho não abunda e as pessoas ficam ainda mais desoladas. Resultado? Ficam paralisadas e consequentemente não encontram trabalho e a situação piora ainda mais.

Mas a realidade e o que aterroriza, é que é preciso trabalhar em “qualquer coisa”, o que por sua vez ainda paralisa mais por não se encontrar nenhum trabalho.

Mas é possível sair desta situação. Como? Enfrentando primeiro as emergências. As coisas mais urgentes primeiro. E o primeiro ponto é encontrar trabalho. Mas em quê? Onde? Não se faz a mais pequena ideia. Mas há que concentrarmo-nos apenas em sair desta emergência e não pensar em mais nada. Mas o melhor pode não ser exactamente o que se quer… e talvez se esteja a desviar dos objectivos na vida… só que tudo isto é apenas blah blah blah! Apenas há que concentrar a energia em subir a montanha que temos pela frente. E concentrar-se nesse caminho. Concentre as suas forças em encontrar um trabalho que lhe permita sair da emergência onde está. E o resto? O resto, vem depois.

LER TAMBÉM  7 Estratégias para não perder o emprego em tempos de crise

Depois de conseguir “tirar a cabeça fora de água” poderá respirar um pouco , tendo então um pouco de discernimento de ver e pensar melhor. Mas enquanto não consegue estar mais desafogado, a verdade é que apenas continua a andar em círculos.

O emprego que conseguir irá não apenas salvá-lo nesse momento difícil, como quem sabe se não lhe irá ainda trazer satisfação e experiência.

É possível. Todos temos a capacidade de enfrentarmos os momentos difíceis. A chave é primeiro saber o que podemos fazer, e de seguida concentrar os nossos esforços e dar o passo seguinte e mais adiante um outro passo e por aí fora. Uma coisa de cada vez, sem nunca deixarmos de caminhar em direcção do que realmente queremos.

Deixe o seu comentário

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close