Cuidados a ter na compra de casa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

compra de casaComprar uma casa pode ser uma experiência assustador a esgotante porque nos obriga a tomar decisões importantes cujas consequências se prolongam durante vários anos. Talvez seja por isso que se diz que a compra de uma casa pode ser tão estressante como um divórcio. Com efeito, a escala de estresse criada pelos psicólogos Holmes e Rahe situa este acontecimento entre os 43 acontecimentos mais estressantes da vida, fundamentalmente pela incerteza que é criada.

Por esta razão, nada como estar bem informado para enfrentar este momento, uma vez que há muitos condicionantes que afectam e condicionam esta operação. Estes são alguns deles.

 

Convencer-se a si próprio antes de comprar

O estresse emocional sofrido pelo comprador quando tem que tomar a decisão de comprar uma casa que requer um grande investimento e para o qual precisa de pedir um empréstimo ao banco, é conhecida como a dissonância cognitiva.

Para reduzir este efeito, você enquanto comprador tem de procurar informação e comparar preços de outras propriedades à venda que sirvam para reforçar a decisão de compra.

 

Não se trata de regatear, mas sim de negociar o preço

A primeira armadilha a evitar no processo de compra de casa é a negociação do preço. O comprador deve ter consciência que os proprietários tendem a valorizar a sua casa em cerca de 20% acima do preço real, segundo alguns estudos. Trata-se do conhecido efeito doação que o economista Thaler define como a predisposição a valorizar mais o que já é nosso apenas pelo facto de ser nosso, o que explica esta sobrevalorização.

LER TAMBÉM  Dicas para viajar mais barato e para poupar nas férias!

No entanto, também é verdade que durante o processo de negociação o comprador pode conseguir um desconto no preço na ordem dos 5%.

 

Vender caro não implica comprar caro

Apesar dos preços da habitação terem subido no ano passado, ainda não recuperaram os valores anteriores à crise. Quem comprou casa quando os valores estavam mais elevados, também quer vender caro para não perder o valor investido, e isto explica em parte, por que razão não somos capazes, enquanto compradores, de encontrar casa a preços de mercado ou de negociar valores mais baixos.

Para conseguir um bom preço, o vendedor utiliza o conceito âncora. Este conceito diz que quando tomamos uma decisão, dependemos da informação inicial disponível.

Como comprador deve ter consciência deste facto e iniciar a negociação do preço da casa com um valor inferior ao proposto pelo vendedor.

comprar casa

O efeito Ikea sobe o preço da casa?

O efeito Ikea, estudado por Dan Ariely, explica por que razão muita gente prefere os produtos criados por esta empresa sueca, apesar de todas as complicações na montagem de um móvel desta marca.

Quando se trata de uma casa, esta personalização traduz-se em dar-lhe um preço mais elevado.

O comprador não tem o mesmo vínculo emocional em relação à casa e não está disposto a pagar um valor mais elevado. Este argumento pode servir para pedir um desconto no valor da casa, uma vez que o comprador terá tendência para fazer obras na casa e mobilá-la de acordo com as suas necessidades.

Com efeito, o home staging promove a despersonalização do imóvel como uma das condições para colocar uma casa à venda.

LER TAMBÉM  Como poupar dinheiro no Natal

 

Atenção ao local e à época do ano quando comprar casa

Outro factor estressante para o comprador é a escolha da zona onde comprar casa. Segundo a teoria da comparação social, determinamos o nosso valor em função da forma como nos comparamos com os outros. Aplicando esta teoria à compra de casa, segundo o economista do comportamento George Loewenstein, muitas pessoas mudam-se à procura de um melhor bairro, mas logo começam a comparar-se com os vizinhos e não ficam tão confortáveis como pensavam inicialmente.

Se está a pensar em comprar casa sem stresses, nem grandes complicações, então esta é uma das melhores épocas do ano para o fazer, porque tanto a primavera como o outono são das melhores alturas para comprar casa. No verão, pelo contrário, é quando as pessoas dedicam mais tempo à procura e comparação de preços.

Um último conselho: não se deixe influenciar pelo efeito urgência que é muito utilizado pelos agentes imobiliários para forçar a decisão de compra, advertindo os potenciais compradores que existem outros clientes interessados na compra da mesma casa.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.