crédito revolving

O Que é um Crédito Revolving?

crédito revolvingA introdução de novas tecnologias no mercado financeiro mundial trouxe como consequência o crescimento contínuo e sustentado de milhões de clientes em busca de alternativas mais rápidas e eficientes para usar no seu dia a dia.
Este fenómeno tornou-se mais evidente no uso dos cartões de crédito e débito, os quais se tornaram a alternativa escolhida pela maior parte das pessoas ao uso do papel moeda. Tanto, que agora a maioria dos estabelecimentos comerciais estão preparados para aceitar todo o tipo de cartões e investem em equipamentos cada vez mais sofisticados e na implementação de procedimentos de pagamento mais funcionais e cómodos.
Segundo alguns estudos, o aumento da utilização de produtos financeiros, como por exemplo cartões de débito ou de crédito tem vindo continuamente a aumentar.
Entre todo o universo de cartões bancários disponíveis, existem muitos benefícios de acordo com cada instituição financeira e criadas especificamente para todo o tipo de clientes, os quais procuram mais facilidades como planos de financiamento adaptados ás suas necessidades, pagamentos fixos, valores ou comissões várias, para além de sistemas de crédito como o crédito revolving, etc.

Sabe o que significa “Revolving”?

Já ouviu alguma vez falar em crédito revolving? Não? É natural porque há até muitos profissionais do sector bancário que também desconhecem este termo. Resumidamente, o crédito concedido através deste tipo de cartão é um crédito renovável ou “revolving”. Ou seja, de cada vez que o titular do cartão utilizar o crédito e reembolsar parte ou a totalidade mais tarde, volta a estar disponível uma nova linha de crédito, até ao limite do “plafond” do cartão. O crédito renova-se conforme se vai pagando a dívida e os juros.
Trata-se de um tipo de crédito que a instituição bancária concede ao cliente e cujo limite se encontra disponível por um certo período de tempo durante o qual a pessoa o pode utilizar.
Geralmente, o dono do cartão é responsável por estabelecer o valor mensal a cancelar. Não é como nos créditos habituais em que o banco determina uma taxa de juro e pagamento mensal obrigatório com alguns elementos asfixiantes.
O crédito revolving diferencia-se do crédito usual, já que a cobrança de juros do banco é elevada. No entanto, este sistema é muito funcional para execução de operações de custos mais elevados, tais como viagens, luxos, entre outros.
Este crédito também tem a funcionalidade de cancelamento do que já se gastou no mês, o que significa que as amortizações estarão ajustadas aos gastos ou compras efectuados.

Benefícios do crédito revolving

Uma das maiores e mais importantes facilidades deste tipo de crédito é o prazo de pagamento sobre qualquer compra, permitindo ao cliente fraccionar o valor a debitar para não cancelar a totalidade imediatamente.
Contará sempre com disponibilidade de crédito, toda a vez que cancelar as quotas estabelecidas. Para além disso, não é preciso solicitar um empréstimo pessoal se dispõe deste tipo de cartão, pois pode realizar gastos grandes sem problemas.
Devido ao crédito revolving oferecer pagamentos diferidos, diferencia-se dos outros créditos e não existe um prazo fixo sobre as amortizações.
O cartão de crédito revolving é perfeito para si, se o que deseja é aproveitar um produto financeiro que lhe permita realizar despesas elevadas sem necessidade de se descapitalizar. Uma boa forma de optimizar o seu uso é aumentando a quota mensal, já que se a mesma for excessivamente baixa, alargará o tempo de pagamento da dívida, incluindo os juros.

LER TAMBÉM  Portugal, crise, negócios e oportunidades
5

Sem comentários

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.