como poupar dinheiro no supermercado

Como Poupar Dinheiro no Supermercado – 18 Truques Simples

Quer saber como poupar dinheiro no supermercado? Está no sítio certo porque encher um carrinho de compras não é barato. E é fácil pegar nalgumas coisas no supermercado e acabar com a carteira vazia. Mas como a comida é uma necessidade, não existem muitas outras alternativas, e comprar ingredientes frescos para cozinhar em casa continua a ser a forma mais barata e inteligente de se fazer.
Ainda assim, há boas notícias: há algumas tácticas para evitar gastos excessivos. Faça compras inteligentes seguindo estes 18 truques para poupar dinheiro no supermercado:
como poupar dinheiro no supermercado

Fique longe dos corredores interiores

Os supermercados são estrategicamente concebidos para que os ingredientes essenciais, tais como lacticínios e produtos lácteos, estejam localizados nas extremidades mais afastadas da loja, forçando os clientes a vaguear pelos corredores e, por vezes, a levar artigos de que não necessitam. Tente evitar os corredores interiores e limite-se a tomar apenas os produtos de que necessita.

Não tenha medo dos cupões de desconto

Os cupões podem ajudá-lo a poupar quantias consideráveis de dinheiro. Procure-os nos websites dos supermercados onde habitualmente faz compras e fique atento às suas ofertas atuais.

Não se deixe enganar pelas marcas

Pode estar habituado a comprar sempre os mesmos cereais, mas as marcas brancas costumam ser mais baratas. Normalmente utilizam produtos de outras empresas com o seu próprio rótulo, e oferecem-nos a um preço mais barato. Fique de olho nos ingredientes para ter a certeza de que está a comprar o mesmo produto.

Olhe para cima e para baixo porque os produtos mais caros são colocados ao nível dos olhos

Como tendemos a olhar para produtos que estão ao nível dos olhos, os supermercados têm o cuidado de colocar os produtos mais caros nas prateleiras que vemos primeiro. Quando for às compras, procure produtos mais baratos nas prateleiras de cima ou de baixo.

Comprar vegetais crus

Muitas pessoas escolhem comprar feijão cozido porque se sentem intimidadas pela ideia de cozinhar feijão cru ou porque pensam que não terão tempo de o cozinhar. No entanto, preparar um prato é muito fácil e, embora a diferença de preço não seja abismal, toda a poupança conta.

Não vá às compras com fome

Muitos de nós vamos ao supermercado depois do trabalho, antes do jantar, que é quando começamos a ficar com fome. Se fizer as compras quando o seu estômago estiver a “dar horas”, comprará mais produtos do que aqueles de que necessita. Tente ir ao supermercado no fim-de-semana quando puder fazer compras de estômago cheio.

Fique longe dos alimentos prontos a consumir

Não compre comida pronta, mesmo que tenha bom aspecto. Enquanto estiver no supermercado, compre os ingredientes necessários e prepare o que quiser em casa por um preço muito mais baixo. Além disso, saberá muito melhor quando for acabado de fazer.

Tente comprar alimentos da época

Não será a primeira ou última vez que ouvirá este conselho: coma produtos da época. Não só terá um sabor infinitamente melhor, como também lhe poupará muito dinheiro. Os alimentos que não estão na estação vêm de longe e acaba-se por pagar o custo do seu transporte.

Especiarias exóticas

Embora seja bom fazer experiências na cozinha, nem sempre é a melhor decisão para comprar especiarias na mercearia da esquina. As compras de especiarias e ingredientes especiais num mercado ou numa mercearia internacional podem poupar-lhe alguns cêntimos.

Consuma água da torneira

A água engarrafada é uma indústria que vale mil milhões de dólares. Uma garrafa de meio litro custa em média 20 cêntimos e é suposto beber quatro delas por dia, o que equivale a 24 euros por mês que se pode poupar bebendo água da torneira.

Fazer uma lista de compras

Quer tenha ou não a memória de um elefante, escreva uma lista de compras. Não só se certificará de não esquecer nada, como também evitará comprar coisas desnecessárias.

Evite ir às compras com crianças

Embora por vezes não haja escolha, é preferível fazer as compras sem as crianças por perto, pois muitas vezes pedem-lhe que lhes compre produtos de que não precisam e nem sempre é fácil dizer não.

Não compre saladas prontas

Sim, é muito conveniente comprar um saco de alface limpa e cortada, mas também custa quase três vezes mais. Se comprar alface e a lavar e a preparar em casa, notará a diferença no sabor e no bolso.

Fruta pré-cortada é uma despesa desnecessária

Se um empregado é pago para fazer um trabalho que poderia facilmente fazer em casa, como cortar uma manga ou uma melancia, é você que vai acabar por pagar por isso.

Não gastar dinheiro em ervas aromáticas

Crie o seu próprio jardim. A boa notícia é que é possível fazê-lo mesmo que se tenha um espaço pequeno. As ervas aromáticas custaram uma pequena fortuna no supermercado. É mais rentável comprar uma planta inteira e tê-la em casa do que pagar umas poucas folhas no supermercado.

Queijo ralado em casa

Tal como os sacos de salada, com queijo ralado também se paga um preço elevado por conveniência. Ralar queijo em casa não custa nada! É muito mais rentável comprar um ralador barato e começar a poupar dinheiro com este ingrediente.

Diga não aos molhos de supermercado

Porquê comprar um molho ou molho pronto a usar quando se pode fazer em casa com ingredientes que normalmente estão à mão? Além disso, estes produtos contêm normalmente muito sal.

Poupar alguns cêntimos em batatas

É muito mais rentável comprar um saco de batatas do que comprar um par de batatas soltas. Muito importante: quando vai às compras, compare.
LER TAMBÉM  Conselhos para economizar nas compras da semana
4

Sem comentários

Deixe o seu comentário