Como economizar energia em casa?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

como economizar

Como economizar energia em casa? Com a crise diminuem os salários e aumentam os preços dos bons e serviços essenciais, como por exemplo a energia eléctrica. Com a prevista liberalização do mercado da energia o mais provável é haver aumentos das tarifas de consumo de electricidade, pelo que o melhor é ir já preparando formas de economizar energia nos gastos em casa. É por isso que hoje vamos dar alguns conselhos para economizar electricidade.

Vamos começar pelos electrodomésticos que são os responsáveis pela maior fatia da conta de electricidade e os números comprovam-no: o frigorífico e congelador absorvem 30% do consumo eléctrico de um lar e as máquinas de lavar e secar, cerca de 10%. No entanto, já não conseguimos viver sem eles, mas eles podem viver em harmonia com a nossa carteira!

Sempre que adquirir um electrodoméstico novo, compre um modelo das classes A, que em termos de poupança de energia são muito mais eficientes. Por norma, são mais caros do que os outros modelos, mas vai obter o retorno desse investimento na factura da electricidade e em pouco tempo!

Quase todas as medidas para economizar energia que podemos tomar são lógicas: evitar deixar acesas lâmpadas e electrodomésticos e apenas utilizá-los quando for necessário. No entanto, podemos seguir algumas dicas que poderão ser úteis para o ajudar a poupar:

  • Mantenha sempre limpos os electrodomésticos e restantes aparelhos eléctricos. Elimine os resíduos de alimentos no microondas, torradeira, etc., e conserve-os sempre em bom estado de funcionamento, porque isso irá reduzir o seu consumo de energia
  • Desligue os aparelhos que produzem calor antes de os terminar de usar, nomeadamente ferro de passar a ferro, alisador de cabelo, grelhador eléctrico, fogões eléctricos, aquecedores, etc., de forma a aproveitar o calor acumulado.
  • Use a máquina de lavar roupa apenas quando estiver cheia. As máquinas de lavar mais modernas já fazem uma melhor gestão do processo de lavagem, mas mesmo assim tente que a máquina apenas trabalhe com a carga máxima e, se possível à noite, quando as tarifas de electricidade são mais económicas. O mesmo se aplica à máquina de lavar louça.
  • Lembre-se que deixar o televisor ligado durante muitas horas consome demasiada energia Por isso, ligue-o apenas e quando realmente desejar ver algum programa. Se apenas quer ouvir algum barulho, o melhor é usar um radio que irá gastar menos energia. Também não vale a pena estar a ver-se o mesmo programa em dois televisores ao mesmo tempo.
  • Se costuma dormir e deixar a televisão ligada, use o sleep-timer para que esta se desligue passado pouco tempo e não gaste energia desnecessariamente.
  • Se deixar de usar o computador por algum tempo, apague pelo menos o monitor. Isto representa o mesmo que desligar uma lâmpada de 75 watts.
  • Substitua as lâmpadas incandescentes e de halogéneo por lâmpadas economizadoras ou de baixo consumo (LED’s se possível). São mais caras, mas consomem menos energia e duram muito mais.

 

O frigorífico é um caso à parte porque consome muita da energia gasta em casa:

  • O frigorífico deve estar num local com espaço suficiente para permitir a circulação de ar na sua parte posterior (5 cm aproximadamente) e evite colocar objectos que obstruam a ventilação, pois caso contrario, o aparelho irá trabalhar mais, e gastar mais electricidade.
  • Deve também estar num local fora do alcance dos raios solares e outras fontes de calor, pois caso contrário, irá trabalhar mais para manter a refrigeração e gastar mais energia.
  • Verifique se a porta está a fechar devidamente e que não está a deixar escapar o ar frio.
  • Evite colocar alimentos quentes dentro do aparelho. Deixe que arrefeçam primeiro antes de os guardar, para que o frigorífico não tenha de trabalhar mais que o necessário.
  • Lembre-se que nos períodos de Inverno o nível do termóstato deve ser aumentado (p.ex. de 1 a 3). No Verão, pelo contrário, aconselhamos a colocar o termóstato no nível 2.
  • Se estiver ausente por mais de 15 dias (de férias, por exemplo), desligue o frigorífico.
  • Se comprar um novo frigorífico, tenha atenção à etiqueta energética. As classes A+ e A++ são as que permitem poupar mais dinheiro e energia.
  • Limpe a parte traseira do frigorífico, no mínimo, uma vez por ano.
  • Abra a porta o menos possível e não a mantenha aberta.
  • Não compre um equipamento maior do que necessita.
  • Limpe o congelador antes da camada de gelo chegar aos 3mm de espessura.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...