Como aumentar as suas qualificações e habilitações sem gastar dinheiro

Como aumentar as suas qualificações e habilitações sem gastar dinheiro

Como aumentar as suas qualificações e habilitações sem gastar dinheiroProvavelmente não sabe, mas você pode aumentar as suas competências e qualificações (e até mesmo as suas habilitações literárias) sem ter que gastar dinheiro, podendo ainda usufruir de algumas ajudas no caso de estar em situação de desemprego.

Através de projetos financiados pelo POISE (Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego) e pelo Portugal 2020, diversas entidades formadoras espalhadas um pouco por todo o país estão a disponibilizar ações de formação dirigidas a desempregados/as de longa duração com habilitações inferiores ao 12º ano.

Os desempregados podem assim melhorar as suas qualificações e competências e ainda usufruir dos seguintes apoios:

  • Bolsa de formação – até ao valor máximo de 150 euros por mês;
  • Subsídio de transporte – até ao valor máximo de 64,34 euros por mês;
  • Subsídio de alimentação – no valor de 4,77 euros por cada dia de formação;
  • Subsídio de acolhimento (caso aplicável) – até ao valor máximo de 214,45 euros por mês.


Como e onde encontrar este tipo de formações remuneradas?

A melhor forma de saber onde e quando irão iniciar as formações é seguindo a página de Facebook “Cursos Gratis”:
facebook.com/cursosgratisportugal

Outra forma é consultando o site “Cursos Formação Grátis” AQUI.

Neste site as ofertas de formação encontram-se separadas por distrito. Então para consultar os cursos disponíveis mais perto de si apenas tem que clicar no separador correspondente ao distrito a que você pertence.

Caso tenha perdido o emprego há menos de 1 ano ou esteja ainda à procura do 1º emprego existem uma série de outros tipos de formação financiada que poderá frequentar. Nestes casos, as condições de acesso incluem requisitos como a idade, as habilitações escolares, entre outros.

LER TAMBÉM  Prepare a casa para o inverno e poupe

Para saber qual o tipo de curso mais adequado ao seu perfil eu recomendo que leia as informações neste artigo aqui.

 

Então e quem está empregado?

Também existem formações financiadas para as pessoas que estão empregadas.

Neste caso, as formações normalmente decorrem em horário pós-laboral e os formandos têm direito ao subsídio de alimentação.

Caso esteja empregado e tenha no mínimo o 6º ano de escolaridade concluído poderá frequentar UFCD’s nível II.

Caso tenha no mínimo o 9º ano concluído poderá frequentar UFCD’s nível II e UFCD’s nível IV.

De referir que no site que eu indiquei acima também é possível encontrar este tipo de ofertas de formação (UFCD´s).

 

Como pode verificar é possível aumentar as suas qualificações sem precisar de gastar dinheiro, e caso esteja em situação de desemprego poderá ainda receber algum dinheiro que sempre ajuda.

5

Sem comentários

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.