Cinco truques para economizar no aquecimento sem passar frio

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

economizar no aquecimentoSerá que utilizamos o aquecimento de forma eficiente? Ou será que as más práticas estão a fazer-nos passar frio desnecessariamente enquanto a factura da energia vai subindo? Vamos dar resposta a alguns dos mitos mais comuns acerca da poupança de energia e a algumas questões que costumam passar despercebidas, quando na realidade são a chave para fazer a diferença.

Em pleno inverno e com os preços da electricidade e do gás a níveis estratosféricos, é boa altura para aprender o abc do consumo de energia, e por outro lado, evitar as más práticas. Com efeito, estamos muitas vezes a desperdiçar dinheiro e desconfortáveis com o frio em casa quando tudo isso seria evitável.

Poupança e eficiência energética

Neste artigo vamos rebater algumas das ideias mais arreigadas que estão a fazer-nos perder dinheiro, e a impedir-nos de alcançar um conforto ambiental mínimo e necessário para que o nosso lar seja um espaço agradável.

Seguindo os seguintes cinco truques para economizar na factura da energia e do gás sem passar frio, podemos conseguir economizar imenso nos gastos da casa, uma vez que o aquecimento representa quase metade do consumo de luz e/o gás.

1 Não é boa ideia deixar o aquecimento ligado durante todo o dia com a temperatura baixa

Embora se possa pensar que assim é possível manter o ambiente morno e acabar com o frio, é muito mais eficiente e proveitoso apenas ligá-lo quando estamos em casa. E se não quer chegar e ter a casa gelada, a solução é tão simples como instalar um temporizador para ligar o aquecimento um pouco antes de chegar a casa. Basicamente, estamos a fazer um uso selectivo da energia, para evitar que a factura da energia dispare sem nunca usufruirmos verdadeiramente do aquecimento que estamos a pagar.

2 Apagar alguns radiadores nem sempre é economizar

A lógica diz-nos que quantos menos radiadores estejam ligados, mais iremos economizar. No caso dos aquecimentos centrais nem sempre é assim porque o sistema está programado para alcançar uma determinada temperatura. Desta forma, aproveitemos s radiadores distribuídos por toda a casa para que o calor chegue a onde queremos. A excepção são as divisões vazias e/ou que não são utilizadas. Neste caso feche a porta dessas divisões e isole-as com chouriços tapa-portas.

3 Os radiadores eléctricos desperdiçam muita energia

Nem sempre é assim, embora se deva ter em conta que os aquecedores eléctricos de qualquer tipo, especialmente os que deitam ar quente, consomem imensa energia. Sobretudo quando os comparamos com outras alternativas, como os fogões a lenha, ou os sistemas de aquecimento central que aquecem o ambiente de forma constante. Por outro lado, os aparelhos eléctricos proporcionam um calor que desaparece rapidamente.

4 Fazer revisões anuais aos equipamentos

Pode parecer que está tudo em ordem, mas é sempre conveniente dar uma limpeza (de preferência a seco, e tendo muito cuidado com a água se os aparelhos forem eléctricos), e fazer uma revisão técnica. Não nos esqueçamos que estes aparelhos podem ter algum problema e funcionar de forma deficiente, fazendo aumentar o consumo e/ou aquecendo menos. Por outro lado, não espere que os aparelhos deixem de funcionar e siga uma rotina em relação às limpezas e revisões, idealmente antes da época mais fria.

5 Ajude o aquecimento a fazer o seu trabalho com simples gestos

Acostume-se a estar em casa com roupa mais quente quando está frio. Lembre-se que cada grau a menos no aquecimento representa uma poupança entre 7 a 8 por cento no valor da factura. Neste sentido e sem deixar de nos sentirmos confortáveis no nosso lar, é recomendável manter a habitação a uma temperatura ambiente entre os 19 e 21 ºC durante o dia, enquanto durante a noite, ou seja, durante o período de sono, a temperatura nos quartos deverá situar-se entre 16 e 18 ºC.

Outros conselhos simples são tomar bebidas quentes e isolar a casa (portas, janelas, etc.).

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...