dicas para usar bem o cartão de crédito

4 Dicas Para Usar Bem o Cartão de Crédito

dicas para usar bem o cartão de créditoVivemos a era do dinheiro virtual. As velhas notas dão espaço para sistemas de pagamento online e, principalmente, nossos tão conhecidos cartões de crédito.
As pessoas normalmente têm uma relação de amor e ódio com o dinheiro de plástico. Do lado positivo, a facilidade e a segurança proporcionadas por essa forma de pagamento. Do negativo, o descontrole e a falsa sensação de se ter mais dinheiro do que na realidade, abrindo espaço para se entrar em uma verdadeira bola de neve financeira.
O cartão de crédito foi criado nos Estados Unidos no início do século XX e, inicialmente, era fornecido por estabelecimentos específicos apenas aos clientes mais fiéis. Na década de 1950, Frank MacNamara estava em um restaurante em Nova York com alguns executivos, quando percebeu que esqueceu o dinheiro e o talão de cheque. Foi quando teve a ideia de criar um cartão que registrasse o nome do dono e permitisse que a conta fosse paga depois de algum tempo.
MacNamara acabou criando o Diners Club Card, que era feito (imaginem!) de papel-cartão. Ele era aceito em apenas 27 restaurantes e usado apenas por pessoas importantes da época (cerca de 200 pessoas dentro do círculo de amigos de Frank).
Mas não demorou muito para o cartão de crédito se popularizar, ganhando milhares de adeptos e passando a ser aceito em vários estabelecimentos que acabaram o incorporando em seu sistema de gestão de pagamentos. Logo, surgiu o cartão de crédito internacional e o material de fabricação foi substituído pelo plástico. Estava dada a largada para a consolidação da globalização financeira.
Vamos reunir aqui hoje quatro dicas sobre como aproveitar melhor o seu cartão de crédito. Usando-o bem e com consciência você verá que esse método de pagamento não precisa ser um pesadelo e pode ajudar muito na administração da sua vida financeira.

Pague sempre a fatura à vista.

A grande facilidade do cartão de crédito é não precisar desembolsar na mesma hora o dinheiro necessário para a compra, como acontece com os cartões de débito. Entretanto, cuidado! A bola de neve começa justamente quando você não tem o dinheiro necessário para pagar a fatura integralmente na data do vencimento. Os juros de atraso e parcelamento são exorbitantes e não valem a pena de forma alguma! Você tem no mínimo 30 dias para organizar suas finanças para pagar a fatura. Programe-se!

Aproveite a facilidade de fazer compras no exterior.

Com a internet, ficou ainda mais fácil comprar coisas em lojas estrangeiras online. Graças ao cartão de crédito, o sistema de pagamentos tornou-se praticamente universal. Já pensou se você tivesse que comprovar renda seguindo as diretrizes de cada um dos países do mundo? A compra internacional seria inviável. Outro ponto positivo é não ter que se preocupar em trocar câmbio ou separar dinheiro para viagens para o exterior. Com o cartão de crédito no bolso, você fará compras em praticamente qualquer lugar do mundo, como se estivesse na esquina da sua casa.

Use e abuse do programa de recompensas.

Uma das principais vantagens de escolher o cartão de crédito como forma de pagamento das suas compras é habilitar o programa de recompensas. A cada compra, você ganha pontos proporcionais ao valor gasto e esses pontos podem ser trocados por uma grande variedade de prêmios, de aparelhos eletrônicos a passagens aéreas. Assim, as férias do fim do ano já ficam praticamente garantidas!

Parcele suas compras sem juros.

Não dá para prever quando a máquina de lavar vai quebrar e com a violência cada vez maior nas grandes cidades, ninguém está livre de ter o celular roubado. O cartão de crédito é um grande aliado para compras emergenciais de valores mais altos por conta de a maioria das lojas oferecer opções de parcelamento sem juros. Assim, o imprevisto não pesa de uma vez no seu orçamento e você consegue repor com rapidez o produto de que precisa. Mas preste atenção! O parcelamento deve ser feito sempre com a administradora do cartão, já que muitas vezes o parcelamento feito diretamente pela loja implica cobrança de juros.
2

Sem comentários

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.