economizar dinheiro

10 Ideias para Economizar dinheiro

Hoje trazemos dez dicas úteis para o ajudar a economizar dinheiro, seja para projetos especiais, a educação de seus filhos, a sua reforma ou para emergências familiares que possam eventualmente ocorrer.
economizar dinheiro

Anote as suas despesas durante um mês

Economizar dinheiro não é tão complicado quanto parece, mas antes de cortar nas despesas, você precisa saber exatamente para onde o dinheiro está indo.
Para descobrir, anote as suas despesas diárias, semanais e mensais durante um mês. Você pode fazer isso em um aplicativo móvel ou num caderno que carrega consigo. É bem possível que você tenha uma surpresa.
Depois de descobrir onde está a gastar o dinheiro, você pode decidir o que é necessário e o que pode evitar. Aquele café que você compra no caminho para o trabalho ou a água mineral engarrafada que você costuma tomar, podem representar um valor considerável no final do ano, que você poderia poupar com um pouco de planeamento.
Você pode, por exemplo, sempre sair de casa com uma garrafa cheia de água da torneira ou comprar uma garrafa térmica para levar o café caseiro para o trabalho. Se no seu trabalho há uma máquina de café, pode esperar até chegar ao local de trabalho para tomar o tão esperado cafezinho.
E aquela linda roupa de bebé que você compra com cartão de crédito? Pense nos juros que cobram a você todos os meses se não pagar todas as compras. Não pense que não poderá mais desfrutar do seu café diário ou vestir seu bebé com aquelas roupas da moda fantásticas. Claro que pode fazer isso! O importante é procurar alternativas que permitam economizar.
Trace uma meta de gastar um pouco menos e economizar um pouco mais a cada mês. Se pensar assim, pode ter mais motivação para evitar despesas desnecessárias.

Pague-se primeiro

O segredo para tornar a poupança um hábito é priorizar a si mesmo. Isso não significa que você não deve pagar o que deve, mas que se deve pagar todos os meses da mesma forma que paga todos as seus credores habituais.
Estabeleça uma meta realista de longo prazo e “pague-se” colocando uma quantia fixa de dinheiro numa conta de poupança ou investimento. Certifique-se de fazer isso no mesmo dia de cada mês (por exemplo, ao dia 10 de cada mês). Se você esperar até o final do mês para ver o que resta, provavelmente descobrirá que não resta muito.
A maneira mais fácil de fazer isso é para agendar uma transferência automática de uma parte do seu salário, não importa quão pequena, da sua conta corrente para uma conta poupança, um fundo de pensão, ou uma conta de poupança para a faculdade de seus filhos.
O objetivo é tornar o ato de salvar um hábito tão arreigado que você não pode mais imaginar a sua vida sem ele. No final de cada mês você terá a satisfação de saber que tem conseguido proteger o seu futuro e da sua família um pouco mais do que anteriormente.

Planeie as transferências em etapas

A maioria dos fundos de pensão, contas de poupança para a faculdade ou outras opções de poupança, permitem que você escolha a data para a transferência automática da sua conta corrente.
Planeie essas datas para que você saiba que o dinheiro não será transferido para várias contas no mesmo dia.
Se você recebe no final do mês, programe a transferência para depois do dinheiro entrar na sua conta corrente. Se trabalha por conta própria e o dinheiro chega irregularmente, planeie uma transferência de 15 em 15 dias, quando não tiver grandes contas para pagar.

Reduza as dívidas

Pagar as dívidas é uma das melhores maneiras de economizar dinheiro, porque os juros que você paga na maioria dos empréstimos (especialmente cartões de crédito) são muito mais altos do que você ganha na maioria das contas poupança.
Portanto, reduza ao máximo as dívidas com cartões de crédito, empréstimos estudantis, empréstimos para automóveis e quaisquer outras dívidas que possa ter, para economizar muito mais.
A única dívida grande que é razoável ter por muito tempo é a hipoteca de uma casa.

Torne-se o seu próprio gestor de empréstimos

Quando terminar de pagar um empréstimo, continue a fazer pagamentos mensais mas para a sua conta!
Agende uma transferência automática do mesmo valor da sua conta corrente para uma conta de poupança ou fundo de investimento.

Motive-se com um objetivo específico

Decida o que você realmente quer ou precisa (um sofá novo, um novo telemóvel, férias, etc.) e descubra quanto custa.
De seguida, defina uma meta realista. Por exemplo, dê a si mesmo seis meses para economizar o suficiente. Coloque fotos do seu alvo no frigorífico ou na carteira. De cada vez que tiver vontade de comprar uns sapatos novos ou de comprar mais um brinquedo para o seu filho e do qual ele realmente não precisa, olhe para a foto e pergunte-se se isso não será um capricho que o está a afastar do objetivo para o qual está economizando.

Abra uma conta poupança na qual você não pode tocar

Guardar dinheiro para despesas maiores, como o pagamento de uma casa ou do carro, abrindo uma conta a prazo. Essas contas bancárias não representam nenhum risco e têm uma taxa de juros um pouco mais alta do que as contas bancárias normais, mas o dinheiro deve aí permanecer por um período de tempo especificado (se você o retirar antecipadamente não ganhará juros).
Desta forma, não poderá mexer no dinheiro quando estiver tentado a comprar algo de que realmente não precisa.

Encha uma jarra com moedas

Coloque uma jarra grande e de boca estreita (de modo que você não possa chegar ao fundo) num local visível e esvazie as moedas que carrega na carteira todas as noites.
Quando a jarra estiver cheia, você mesmo pode fazer pequenos pacotes (nos bancos vão dar-lhe sacos de plástico para embrulhar as moedas). Até poderá depois trocar as moedas por notas. Depois de alguns meses, esse pouco dinheiro pode ser suficiente para pagar um presente de Natal ou para uma escapadela com a sua cara metade, por exemplo.

Economize o rendimento extra

De cada vez que você receber uma quantia extra de dinheiro, como por exemplo uma devolução de IRS, um bónus do trabalho ou um presente em dinheiro, coloque-o na sua conta poupança.
Ou então se tiver dívidas por pagar, use-o para saldar seus cartões de crédito e empréstimos, ou para fazer um pagamento extra na sua hipoteca (para assim reduzir o valor dos juros que você paga).

Reduzir o consumo de combustível

O combustível é caro e quanto menos você usar, mais economiza. Se não puder comprar um carro que gaste menos gasolina, tente fazer um tipo de condução mais calma e que gaste menos combustível. Ou então utilize menos o carro…
Pode ainda revezar-se com outros pais para pegar os filhos na creche, ou com colegas de trabalho para as viagens para o trabalho.
Planeie as tarefas para que possa fazer várias na mesma área na mesma deslocação. Sempre que puder, vá de uma loja para outra a pé ou use os transportes públicos.
E para as suas próximas férias que tiver de usar o carro, considere viajar para um destino mais próximo.
LER TAMBÉM  Ideias para ganhar dinheiro usando as suas capacidades
1

Sem comentários

Deixe o seu comentário