10 Dicas Para Não Entrar no Vermelho

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Hoje trazemos 10 dicas  para você se organizar e a sua conta não entrar no negativo.
  1. Conheça seu padrão de consumo – num papel, planilha ou outra ferramenta, anote todos os seus ganhos e gastos que ocorreram nos últimos três meses. Só se melhora aquilo que se conhece, não é mesmo?
  2. Contas bancárias – anote tudo o que entrou – salários, gratificações e outros – e tudo o que saiu – o supermercado, despesas com a escola, impostos e outros. Mas atenção: as saídas para pagamento de cartão de crédito e os levantamentos em dinheiro precisam ser analisados. Veja a seguir.
  3. Cartões de crédito – de posse das facturas, também anote tudo o que foi gasto, até mesmo multas e juros por atrasos.
  4. Cartões de débito e levantamentos – acostume-se a anotar para onde está indo o dinheiro que você usa por estes meios. Nem sempre é fácil, até mesmo porque, como diz a música, dinheiro na mão é vendaval.
  5. Classifique as suas despesas – crie algumas categorias principais onde você irá agrupar suas despesas: Alimentação, Casa, Saúde, Vestuário, Educação e outros. Não se esqueça de criar o grupo Despesas Financeiras onde taxas bancárias, anuidades de cartão, multas e juros deverão estar incluídos.
  6. Encontre seu padrão mensal somando os resultados em cada categoria e depois dividindo-os por três, caso você tenha levantado seus ganhos e gastos por três meses. A soma dos resultados de todas as categorias é a sua despesa mensal; a soma dos resultados de todos os seus ganhos é sua receita mensal.
  7. Descubra onde você está – compare sua despesa mensal com sua receita mensal. Se a receita é maior que a despesa, parabéns, você vive dentro de seu orçamento, mas se sua despesa é maior que sua receita, atenção: você gasta mais do que ganha!
  8. Se você gasta mais do que ganha está na hora de mudar seu padrão. Analise os seus gastos mensais, procurando cortar despesas financeiras, desperdícios e supérfluos, nesta ordem. Sua meta é fazer com que suas receitas superem suas despesas. Persiga-a!
  9. Renegocie dívidas antigas e caras para taxas de juros menores e prestações fixas, que deverão caber no seu orçamento, senão daqui a pouco você volta para o vermelho.
  10. Envolva e comemore! A sua família deve estar com você neste objectivo, dividindo os sacrifícios eventualmente necessários, mas também comemorando todas as pequenas e as grandes vitórias. Siga em frente, sucesso!
LER TAMBÉM  Quer ser invencível em termos financeiros?

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.