10 conselhos sobre finanças pessoais

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

dividaVivemos permanentemente na busca de ferramentas que nos ajudem a optimizar a utilização dos nossos recursos. De seguida apresento dez princípios básicos que podem ajudá-lo no saneamento das suas finanças pessoais e na boa gestão do seu dinheiro. É apenas uma questão de disciplina e de prática. Torne-os parte dos seus hábitos diários e irá ter bons resultados.

Tomar as rédeas das suas finanças pessoais é uma decisão como qualquer outra. É apenas e tão só uma questão pessoal. São depois os seus conhecimentos e experiência que irão fazer a diferença entre ganhar ou perder.

Comande o destino do dinheiro. Ou seja, veja os seus investimentos não como uma despesa, mas como um investimento na pessoa mais importante da sua vida: você.

 

Sugestões para enfrentar o desafio das suas finanças pessoais:

 

  1. Enfrentar o desafio. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Comece a controlar os seus ganhos, gastos e dinheiro disponível. Coloque todos esses registos num papel.
  2. Não gaste o dinheiro antes de o ganhar e aprenda a viver com menos do que ganha. Lembre-se sempre que o primeiro beneficiário do seu trabalho é você mesmo, pelo que não deve ficar preso a contas e prestações por pagar. Reserve uns 10% do seu salário para poupança, comprometendo-se consigo mesmo a guardar esse dinheiro todos os meses. É desta forma que se fazem algumas fortunas. Acredite!
  3. Agora, não se esqueça das contas a pagar, pelo que deverá reservar cerca de 20% do seu rendimento para as contas fixas mensais.
  4. Os 70% restantes, distribua pelos gastos familiares (lar, roupa, alimentação), um possível investimento ou apoio a uma pessoa em dificuldades ou qualquer instituição relacionada com os seus interesses.
  5. Não compre nada inútil com o pretexto de ser barato.
  6. Cultive os seus talentos e interesses. Ler, estudar, aprender. Desta forma irá aumentar o seu respeito e auto-estima e consequentemente os seus conhecimentos sobre a gestão do seu dinheiro.
  7. Reveja as suas atitudes. Não vale a pena reclamar ou ficar aborrecido de cada vez que apareça uma conta por pagar. Se tiver de pagar deve expressar gratidão por ter como pagar, graças à sua criatividade para obter dinheiro. Esta é uma atitude positiva perante as adversidades e a vida que irá alimentar os movimento maravilhoso da prosperidade e da abundância. Não deve deixar que o dinheiro o escravize, seja livre para desfrutar das maravilhas da vida.
  8. Por último, procure, pergunte, aprenda e aplique os seus conhecimentos.
  9. Divirta-se! Que o seu objectivo na vida seja cada dia ser mais feliz que o dia anterior.
  10. As coisas mudam todos os dias. Cada dia, sempre que ler esta breve lista, recorde os seus objectivos e coloque-os em prática.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...