Sete razões para adiantar as suas compras de Natal

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

compras de natalEste ano, as expectativas para as compras de Natal são bastante positivas pois espera-se um crescimento do comércio e uma das melhores épocas para os comerciantes desde 2008. Embora ainda falte muito tempo para as festas natalícias, não convém descuidar-se, porque a partir da Black Friday começa a escalada de compras e os preços vão começar a disparar.

Por isso é que os consumidores mais precavidos já começaram a fazer as suas compras, pois são muitas as razões para começar a comprar os presentes de Natal. Vamos conhecê-las já de seguida.

 

Aproveitar as promoções e descontos de Novembro

Durante o mês de Novembro os preços costumam ser mais baixos do que na época de Natal, mas para além disso é um mês onde também há muitas promoções.

Por exemplo, temos a Black Friday e o Cyber Monday para as compras feitas por internet e onde as lojas fazem grandes descontos. Também em Novembro, as lojas de moda fazem promoções que podemos aproveitar para comprar roupa para as festas natalícias.

presentes de natal

O marisco e o bacalhau estão mais baratos

A cesta de compras encarece cada vez mais com o aproximar do Natal e do final de ano.

Bacalhau, marisco, aves e cabrito, que constituem a matéria-prima fundamental dos menus de Natal, sobem de preço durante o mês de Dezembro.

A melhor solução é comprar os produtos com várias semanas de antecedência quando ainda estão relativamente baratos e depois congelá-los.

 

Não se esgotam as existências

Uma boa razão para adiantar as compras é para podermos conseguir comprar todas as presentes antes que os produtos se esgotem.

Não há nada mais desapontante do que ficarmos sem aquela presente porque a loja já vendou tudo, especialmente quando se trata de brinquedos ou gadgets tecnológicos.

Para além disso, há mais opções de escolha e temos mais tempo para comparar preços tanto nas lojas físicas como online, sendo ainda possível reservar o produto para não o perder.

ofertas de natal

Sem muita gente e sem estresse

A partir do início de Dezembro começa a corrida às compras de Natal e começam a aparecer as aglomerações nas lojas que acabam por incomodar toda a gente.

Para evitar estas chatices, o melhor é planear as compras com tempo suficiente porque é nos dias mais próximos do Natal que são feitas as compras de última hora e há mais aglomerações de pessoas.

Com menos gente estamos mais relaxados, com menos estresse, e não estamos nervosos por termos de estar em filas intermináveis nas lojas, sendo ainda possível fazer compras com gosto e com calma.

 

Desfrutar da comodidade do comércio online

Comprar por Internet é outra possibilidade que tem as suas vantagens porque é feito tranquilamente a partir de casa.

No entanto, é preciso ter algum cuidado e fazer os pedidos com antecedência para que cheguem a tempo do Natal.

O melhor mesmo será adiantar e fazer estas compras em Novembro para não haver atrasos devido à confusão que há nos correios nesta época do ano.

 

Mais tempo para organizar as compras

Outra forma de estarmos mais relaxados para fazer as compras de Natal é organizar as compras com tempo.

A primeira medida que devemos colocar em prática é fazer listas com tudo o que é preciso comprar para esses dias, tanto no que diz respeito a comida como a presentes de Natal.

A partir destas listas podemos calcular um orçamento e adaptar-nos ao mesmo para evitar que os gastos fiquem fora de controlo.

 

Calcular com tempo os gastos

Cada português espera gastar em média 211 euros em presentes de Natal, de acordo com o Observador Cetelem, um valor que pode provocar um desajuste nas contas de muitas famílias.

Para evitar surpresas, é conveniente calcular com antecedência os gastos e fixar o valor que se pode gastar. Uma vez calculado o tecto para os gastos torna-se mais fácil escolher o que se pode ou não comprar.

Deixe o seu comentário