Sabedoria financeira

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

sabedoriaAo escrever (e ler) sobre finanças pessoais, vamos acumulando conhecimentos básicos para ter uma boa relação com o dinheiro, finanças em ordem e tranquilidade mental. Aqui deixo os primeiros 10 conselhos de sabedoria financeira do Dicas Dinheiro:

1. Gastar menos do que se ganha. É um conselho básico indispensável, que se deve sempre ter em mente.

2. Não comprar coisas que não precisamos. Sem sempre as nações mais eficientes, tal como as com a população mais feliz, são as mais gastadoras. Além das necessidades básicas, a posse de bens pouco faz para aumentar realmente a nossa felicidade.

3. Um automóvel com boa manutenção pode durar muito mais do que 5 anos. Para quê então andar constantemente a mudar de carro? Não digo que não se deva ter o gosto de trocar de carro ocasionalmente, mas fazê-lo de forma rotineira é um mau princípio.

4. Sem um fundo de emergência qualquer família está desprotegida. É preciso dizer algo mais?

5. Rendimentos extra. Existe sempre forma de ter rendimentos extras. Pode ser fazendo horas extras, fazendo uns biscates aos fins-de-semana, ler o tarot à quarta-feira à noite, vender bijutarias no trabalho ou fazer rissóis para os vizinhos.

6. É possível poupar. Com duas chaves: ter uma meta definida para a qual poupar e transferir automaticamente os valores da poupança para outra conta separada.

7. As finanças não são números, são decisões.

8. O conhecimento é a sua melhor ferramenta. Antes de investir num fundo de investimento, informe-se e conheça esses produtos antes de os contratar com o banco. Deve ser um comprador e investidor informado, pois aprender sobre finanças apenas demora 15 a 20 minutos por dia sem muito esforço. Com o tempo, irá tornar-se um conhecedor sobre o assunto que até poderá vir a ser um professor na matéria.

9. Os momentos de crise ensinam-nos ainda mais. Quando existem poucos recursos aprendemos muito melhor como nos organizar, a administrar e até como comprar. Ter um pouco de adversidade dá-nos uma nova perspectiva e mais humildade.

10. Não há ninguém melhor do que você para controlar o seu dinheiro. Por mais que sinta que os números não “são a sua praia”, não há ninguém melhor do que você, mais interessado em melhorar a sua situação económica. Não deixe nas mãos de outros o seu dinheiro e o seu futuro.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.