Rendimento extra? Há opções, mas não muitas…

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Chegar ao fim do mês com as contas equilibradas gastos e rendimentos tornou-se numa tarefa muito difícil para muitas famílias. Neste contexto, é uma boa opção procurar novas fontes de rendimento extra que possam ajudar a equilibrar a situação. No entanto, e tendo em conta a escassez de trabalho que torna difícil o pluriemprego, também não existem muitas alternativas das quais possamos obter esses rendimentos.

Curiosamente, a opção que é (normalmente) considerada em primeiro lugar, ou seja, conseguir um trabalho extra para se conseguir um rendimento extra, é a menos fácil de conseguir actualmente em detrimento de outras questões, como a poupança ou uma boa gestão da economia doméstica.

ganhar dinheiro

Rentabilizar os próprios bens

Pode parecer algo óbvio, mas a busca de rendimentos extra torna-se importante para uma boa análise inicial que nos permita criar um mapa claro das nossas possibilidades.

Dentro desta análise, uma das primeiras questões tem de ser a seguinte: o que tenho que possa ser rentabilizado?

É aqui onde provavelmente existem mais opções surpresa ou que não foram contempladas inicialmente. Estas são algumas:

  • Aproveitar a casa ou outras propriedades imobiliárias: alugar casas vazias, alugar quartos, alugar garagens ou arrecadações, são opções válidas a ter em conta.
  • Aproveitar as nossas finanças: a devolução do IRS (se tivermos direito), rendimentos em produtos de poupança como contas bancárias remuneradas, etc.

Trata-se essencialmente de pensar naquilo que já possuímos e na forma de o podermos rentabilizar.

 

A poupança como forma de rendimento

Um rendimento extra pode ser também obtido pela via da poupança: todo o dinheiro poupado reverte directamente como um rendimento extra na nossa economia doméstica.

  • Poupar no lar: reduzir os gastos em certas situações através da revisão de contratos de serviços (tv cabo, energia, gás, etc.), do uso racional da água e luz, ou da planificação das compras do supermercado. Tudo isto são acções que podemos levar a cabo, e que nos trazem benefícios pelo dinheiro que podemos poupar.
  • Poupar em produtos financeiros: rever produtos financeiros com as suas cláusulas e comissões, unificar produtos financeiros e seguros, aproveitar as ofertas e bonificações, são outras acções que também nos podem render algum dinheiro extra pela via da poupança.
  • Poupança quotidiana: há cada vez mais pessoas que compreendem a importância dos pequenos gestos diários e que nos permitem poupar muito dinheiro ao longo do mês. Alguns exemplos são a utilização de transportes públicos, levar a comida de casa para o trabalho, evitar os gastos com cafés ou saídas à noite, escolher um dia da semana onde não se gaste um cêntimo… estas e muitas outras acções podem marcar a diferença entre conseguir ou não obter rendimentos extra.

rendimento extra

Trabalho extra, rendimento extra

Como referi no início deste artigo, aquela que parece a opção mais óbvia para obter rendimentos extra é também muito provavelmente a mais complexa. Numa altura em que o trabalho é um bem escasso, até mesmo os trabalhos a tempo parcial têm uma procura excessiva e uma oferta escassa.

  • Se quiser tentar encontrar um emprego a tempo parcial, as áreas onde existe uma maior oferta são a hotelaria e o sector dos serviços em geral, os cuidados a idosos, o comércio, etc.
  • A Internet abriu também algumas novas opções nos últimos anos que podem ser consideradas, embora estejam muito longe do conceito de dinheiro fácil que muitos continuam a associar à rede. Alguns exemplos são escrever para blogues, ter canais no YouTube (com muitas visualizações), ou vender em lojas online. Estas são apenas algumas das opções que podem ser consideradas, embora e volto a insistir, partindo do pressuposto que não é dinheiro fácil e todas estas opções têm muito trabalho associado.

A melhor opção será provavelmente determinar quais as suas potencialidades/capacidades e oferecer o seu trabalho em função delas. Trabalhos como dar explicações nas mais diversas áreas de ensino, cozinhar para fora, ou fazer peças artesanais sob encomenda são apenas uma pequena amostra daquilo que poderá fazer para conseguir ter um rendimento extra.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...