Quer ser invencível em termos financeiros?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

flexibilidade

A flexibilidade é uma das coisas que melhor nos pode proteger em termos financeiros. A flexibilidade da nossa mente, não da carteira, claro.

As mudanças na vida (comprar ou arrendar casa, casamento, ter filhos, perder o trabalho, etc.) custam-nos imenso em matéria de adaptação, stress e saída da nossa zona de conforto. Mas a melhor forma de minimizar os efeitos destas mudanças é a “elasticidade”.

 

O vento não quebra uma árvore que se dobra.

Isto também é uma lição em matéria de dinheiro e finanças pessoais. As palmeiras são grandes exemplos: quem já viu imagens de furacões certamente terá reparado nas palmeiras a dobrarem-se à força do vento, sem no entanto se partirem. Movem-se ao ritmo furioso dos ventos ciclónicos. Apesar disso, é raro que sejam arrancadas ou partirem-se. E como é que se protegem da tempestade? A única coisa que têm para se proteger é a flexibilidade.

Fica então a questão. E nós? Quão flexíveis somos realmente? Meditar sobre as respostas às seguintes perguntas poderá ajudar a esclarecer:

  1. Se o despedirem repentinamente do seu emprego, como é que irá reagir? Tem um plano B?
  2. Se cortarem o orçamento para a sua área, qual será a sua primeira reacção?
  3. Já não pode comprar determinados produtos do supermercado porque subiram de preço. O que vai agora comprar?
  4. Pedem-lhe para fazer mais trabalho e reduzem-lhe o ordenado. O que vai fazer agora?
  5. Tem de cortar os gastos em casa. Acha esta ideia stressante? Como vai solucionar este problema?

A flexibilidade é uma combinação equilibrada entre risco, tolerância ao fracasso, ganhos, realizações e algo de improvisação.

Acostumar a nossa mente a adaptar-se às mudanças, incluindo as mudanças mais negativas, pode ser feito através da lendária prática do “Como seria se…” e da criação de planos alternativos, e das novas ideias, sem esquecer que as soluções para os imprevistos mais difíceis estão sempre dentro de nós. Mesmo que isto pareça um cliché.

Está disposto a exercitar a sua flexibilidade? Quer partilhar como o irá fazer? Deixe o seu comentário. Partilhe as suas ideias e planos.

3 Comentários

  1. Lu
  2. Everson alexandre

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...