Os pecados do investimento em Bolsa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

O grande problema com os investimentos, como é ensinado nos cursos de economia, é o facto do investidor e do trader serem seres emocionais: acreditam serem movidos pelo próprio instinto, mas a verdade é que sob as suas emoções move-se uma aterradora massa de sentimentos. Para triunfar como investidor é preciso saber separar os sentimentos quando se investe na Bolsa, caso contrário cair-se-á nos grandes pecados do trader.

investimento em bolsa

Falta de cautela

É o maior erro do investidor e o primeiro que se costuma cometer. Pode-se manifestar sob várias formas (cair em situações perigosas, não medir os níveis de stop-loss, etc.), mas podemos resumir tudo numa única frase: ser viciado em adrenalina.

 

Excesso de perfeccionismo

Não saber retirar-se a tempo, tentando colocar a cereja no topo do bolo, numa operação que parece ter tudo para dar certo ou seguir à letra algumas análises técnicas mesmo indo contra as evidências mais recentes… O perfeccionista é um mau investidor: a exactidão raramente rima com sucesso em Bolsa.

 

Optimismo

Em particular quando se confunde com o orgulho e se manifesta como um desejo de fazer as coisas à sua maneira. A realidade económica não se move ao rimo dos caprichos do trader que pensa que os seus erros são boas decisões.

 

Vingança

Uma perda é uma perda e nada mais que isso. Na Bolsa joga-se e aposta-se contra e a favor de abstractos, nunca de entes tangíveis. Se fracassar uma operação sobre uma empresa, isso não é mais nada do que somente uma operação fracassada, não uma afronta ao nosso orgulho.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...