Evite comprar estes artigos novos e prefira o mercado da segunda mão

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

As compras de artigos em segunda mão representam não só uma possibilidade de poupança, como ainda em muitos casos permitem uma melhoria da relação qualidade-preço. Estes são alguns exemplos de artigos ou bens que pode perfeitamente evitar comprar novas.

Apesar de o mercado de bens em segunda mão ter ganho algum destaque no nosso país, ainda estamos muito longe dos números relacionados com o mercado de compra e venda de produtos usados de países como os Estados Unidos, onde são transaccionados bens usados de valor anual superior a 13.000 milhões de dólares.

A compra e venda de bens usado estende-se praticamente a qualquer tipo de sector, mas existem alguns sectores onde os benefícios são mais evidentes do que outros. Estes benefícios têm a ver com o dinheiro que se pode poupar, naturalmente, mas existem outros. Em relação a muitos produtos em segunda mão podemos realmente conseguir comprá-los com uma relação qualidade-preço superior do que se comprássemos o mesmo produto novo. É apenas uma questão de saber escolher o lugar e o momento certo para fazer a compra.

Aqui ficam quatro artigos ou bens que nunca deve comprar novos:

 

Carros

artigos em segunda mãoEste é um bem sem o qual a maioria de nós já não pode passar, o problema é que a desvalorização de um carro novo é muito grande, o que torna aconselhável a sua compra em segunda mão. Depois de apenas um ano, o valor de um veículo pode sofrer uma desvalorização anual a rondar (conforme as marcas e os modelos) os 15% a 25% do preço inicial do carro, daí que muitas vezes podemos encontrar veículos usados em excelente estado e com uma relação qualidade-preço superior aos veículos novos.

 

Roupas de marca

bens em segunda mãoQuando se diz que as roupas de marca estão cada vez mais ao alcance da maioria de nós, não se está a fazer mais do que constatar uma realidade. Mas para quem gosta de ter roupas de marcas mais caras e não pode (ou não quer) estar sempre a comprar as novas colecções aos preços de lançamento, existem algumas alternativas no mercado online e offline para a compra de artigos em segunda mão, como por exemplo os outlets de roupa de marca. Este é apenas um exemplo, entre muitos.

 

Jóias

coisas em segunda maoEmbora exista uma percepção de não haver desvalorização nos artigos de joalharia, a verdade é que estes artigos têm alguma desvalorização (embora menor do que noutros sectores). Os artigos de joalharia também se desvalorizam e podem perder até 10% do seu valor inicial de aquisição ou mais (dependendo das colecções e das marcas), embora no caso dos relógios de luxo isso aconteça mais lentamente. Neste segmento também cresceu bastante a oferta de produtos de segunda mão em que a desvalorização se transforma em nossa aliada e amiga do nosso bolso.

 

Livros, DVDs, Jogos de vídeo

artigos usadosCom este tipo de produtos existe realmente perante uma oferta massiva de artigos em segunda mão. A oferta online é simplesmente imensa e é fácil encontrar nas plataformas de venda mais conhecidas produtos a preços muito mais económicos do que o seu custo inicial. Aqui existe uma excelente oportunidade para poupar muito dinheiro para o consumidor habitual deste tipo de produto.

Deixe o seu comentário