O difícil equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

vida pessoal e vida profissionalA maioria das pessoas trabalha 8 horas por dia, o que dificulta o equilíbrio entre a vida pessoal e vida profissional.

O estresse e o cansaço físico que resultam da maioria dos trabalhos deixam-nos completamente esgotados no final do dia. Quando chegamos a casa apenas temos vontade de descansar e de nos isolarmos do resto da sociedade. E lentamente acabamos por nos alienar da própria vida, transformando-nos em seres que apenas vivem para o trabalho.

Muitas vezes damo-nos conta que nos estamos a dirigir para uma vida de estresse e solidão, mas não sabemos o que fazer para mudar isso. Por esta razão, hoje apresentamos três conselhos que podem ajudá-lo a equilibrar a sua vida laboral e social.

Procurar a harmonia

vida pessoalPor vezes é-nos difícil dar conta de quanto estamos longe da harmonia na nossa rotina diária. Temos um trabalho numa ponta da cidade e vivemos na outra. Entretanto passamos o resto do tempo no ginásio, enquanto a família fica a nossa espera.

Escolher um trabalho nem sempre significa ser uma boa escolha profissional. Também depende de nós trazer alguma harmonia a esta equação.

São poucas as vezes que as pessoas conseguem mudar de trabalho em função da sua vida pessoal. De uma forma geral, a nossa casa mantém-se igual e encontramo-nos numa situação em que apenas vamos “visitar” o trabalho… até que não conseguimos já suportar mais a situação.

O mais importante é a harmonia.

Não se deixe influenciar

vida profissionalA competência no trabalho motiva-nos a tomar decisões que noutras condições nem sequer iríamos considerar. Na sociedade, estamos sempre à espera de cumprir um papel para o qual supostamente estamos destinados. Se não o fizermos, então somos considerados um fracasso enquanto seres humanos.

Mas a vida é muito mais do que estar a agradar às pessoas à nossa volta. O principal é agradar a nós próprios e ter a vida e as comodidades que sempre quisemos ter.

As prioridades de cada pessoa são diferentes e por isso é importante respeitar as decisões dos outros, sem tentar influenciá-los. Da mesma forma, também não nos devemos deixar influenciar pelos comentários das outras pessoas, e menos ainda quando estamos a decidir o nosso futuro.

Felicidade na vida pessoal = Felicidade na vida laboral

felicidadeO estresse e a tristeza criados por uma determinada situação transmitem-se a todas as áreas da nossa vida. Consequentemente, um trabalho que nos desmotiva, irá rapidamente transformar-se numa vida sem motivação e de reuniões com a família também desmotivantes.

De início o efeito é mais subtil. Não nos damos conta que o nosso trabalho está a matar lentamente a nossa vida social. E quando finalmente nos damos conta desse facto, já estamos submersos num círculo vicioso de desmotivação e distanciamento dos nossos vínculos pessoais e sociais.

Há um vínculo directo entre a felicidade em casa e no trabalho. Nunca se esqueça disso e tenha-o sempre em conta quando tiver de tomar uma decisão profissional.

O que acha destes conselhos? Acha que é possível alcançar um equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional?

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...