É possível poupar na manutenção do carro?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

poupar na manutenção do carroTer um carro representa logo à partida ter uma série de custos bastante significativa para qualquer orçamento familiar. Tal como está a situação económica, isso significa abrir os “cordões à bolsa” ou colocar em prática algumas capacidades pessoais para tentar poupar algum dinheiro na manutenção do carro.

Os dados não mentem e sabe-se que as empresas de manutenção e reparação de automóveis têm vindo a ver diminuir o seu volume de negócios, principalmente porque os clientes têm vindo a diminuir as suas visitas ao mecânico e também a evitar as revisões periódicas.

Apesar de continuar a ser necessário realizar algumas revisões aos carros, estima-se que o número de revisões nas oficinas tenha reduzido em 40% nos dois últimos anos. A crise será a principal culpada desta situação, obrigando os clientes a reduzir os gastos e a fazerem eles mesmos algumas intervenções mais básicas nas respectivas viaturas. Por isso mesmo, o “faça você mesmo” é já uma realidade a afectar as oficinas de manutenção mecânica automóvel.

 

Poupar fazendo a manutenção do carro

Estima-se em cerca de 300 € o valor poupado sobre os gastos directos ou que um utilizador pode obter a partir do que são consideradas as acções básicas de manutenção: mudança de óleo, revisão dos filtros, revisão das luzes, revisão do limpa-pára-brisas, etc. É um compêndio de pequenas questões mecânicas que se forem realizadas pelo próprio dono do carro pode representar uma enorme poupança.

Mas atenção que existem algumas coisas a ter em atenção antes de optar por esta situação, e que não têm necessariamente a ver com as nossas habilidades para a mecânica. Hoje em dia a mecânica dos automóveis (no que se refere às peças e à sua montagem e desmontagem) é cada vez mais complexa. Dependendo do tipo de veículo e da marca, existem determinadas acções, como a simples reparação de uma luz, que podem passar de muito simples a tremendamente complicadas, por essa razão tenha cuidado com esta situação.

 

Uma boa afinação do carro

Uma má calibração da pressão do ar dos pneus em conjunto com um filtro de ar sujo, não só provoca um aumento do gasto de combustível (que pode exceder 5% a 7% do valor de referência normal), como ainda provoca uma deterioração acrescida da mecânica do veículo. Isto mesmo aplicado a todos os demais aspectos do automóvel dá-nos uma ideia real sobre como uma boa afinação de todos os elementos mecânicos do carro é importante para o seu bom funcionamento. Também é preciso ter cuidado com as revisões da viatura, uma vez que aumentando os intervalos das revisões (situação muito comum), poderá vir a encarecer ainda mais uma revisão porque houve um maior desgaste das peças e da mecânica do carro.

Mas como podemos ver, existem determinadas coisas que nós mesmos podemos fazer entre as revisões sem grandes problemas, nomeadamente ir controlando a pressão dos pneus, ou mesmo verificar o estado do filtro do ar.

poupar

Na estrada

Insiste-se muito que uma condução eficiente pode ajudar a poupar combustível. E na realidade uma condução eficiente pode permitir uma poupança média de 20% (ou mais em determinadas situações) do combustível gasto, o que só por si justifica o facto de tentar aplicar as regras para uma condução eficiente. Mas há mais.

Não devemos pensar que poupamos na manutenção do carro apenas com os conselhos que apresentamos até agora. Com efeito, a nossa forma de conduzir têm também uma grande influência no período de vida útil da viatura e de manutenção da mesma. Existem imensos parâmetros que definem uma condução eficiente. Mas basicamente podemos resumir estas questões em:

  • Manter uma velocidade constante
  • Evitar acelerações e travagens
  • Utilizar mudanças mais altas
  • Manter as rotações do motor dentro dos parâmetros normais e procurar não as exceder

 

Ir a uma oficina da marca ou ao mecânico?

Este é um ponto em que é difícil haver consenso. Um concessionário oficial tem a seu favor o conhecimento absoluto da marca, o acesso imediato às peças eventualmente necessárias e o selo da marca e da garantia que isso representa na manutenção de um carro… mas isso tem um custo que supera largamente o da oferta de um mecânico independente ou das oficinas de marca branca.

A poupança entre as duas situações é bastante significativa. Em certas situações podemos encontrar diferenças entre as mesmas operações no carro superiores a 30%, o que desde logo nos dá que pensar. No entanto, existem muitos que defendem que se deve ir à representação oficial da marca argumentando motivos, como por exemplo, uma possível desvalorização acentuada dos veículos que não tenham feito as respectivas revisões nos concessionários oficiais, ou simplesmente por haver uma maior confiança nas oficinas oficiais da marca.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.