Controle as suas finanças pessoais: nível ninja

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

As finanças pessoais e o controlo dos rendimentos e dos gastos é uma autêntica arte, mas dentro da mesma há vários níveis de aprendizagem.

No nível básico encontramos conselhos para não ultrapassar o nosso orçamento familiar, ou seja, para não gastarmos mais do que ganhamos.

Num nível intermédio estão os conselhos e técnicas básicas de poupança, como por exemplo criar uma conta poupança reforma, depósitos bancários ou simplesmente seguir algumas técnicas que nos permitam gastar menos nas tarefas do dia-a-dia (ir ao cinema, fazer compras, etc.).

Neste artigo, vamos saltar directamente para o nível profissional, ou seja, o nível ninja. Imagine controlar as suas finanças pessoais como se fosse o próprio Warren Buffet. Está preparado? Vamos a isso!

finanças pessoais

Não faça ruído, seja sigiloso

Os melhores ninjas caracterizam-se por surpreender nos seus ataques, e você deve fazer o mesmo com as suas finanças pessoais. Ou seja, não deve fazer ruido, nem levantar ondas, pois isso tem um preço demasiado elevado.

Comprar um smartphone por 700€? Um carro por 30.000€? Você pode conseguir os mesmos objectos por um preço muito inferior e que realizam as mesmas funções.

Existem smartphones por pouco mais de 50€ que também são bastante razoáveis. Quando vir os seus amigos ou vizinhos com um carro ou um telemóvel novo você terá a satisfação de ter um bom colchão de euros para os momentos mais complicados.

 

Sempre alerta

Um ninja autêntico está sempre alerta. Quando tudo está mais tranquilo é quando ele faz o seu ataque letal. Tenha algum dinheiro à parte para se precaver contras situações que não controla e que podem deitar abaixo as suas finanças pessoais.

Esse dinheiro ou fundo de emergência serve para enfrentar situações de desemprego, crises económicas, etc. Já tem o seu fundo de emergência constituído?

 

A melhor defesa é o ataque

Minimizar os gastos é bom, mas pouco ou nada se fala quanto a maximizar os rendimentos. Se tiver emprego tente conseguir outro aos fins-de-semana, mas se não tiver, registe-se em todas as redes sociais de emprego e comece a criar a sua marca pessoal. Até obtermos um valor relativamente elevado de dinheiro, devemos tentar ter sempre mais rendimentos, e quanto mais melhor.

 

A tecnologia é sua aliada

Um ninja com visão nocturna tem uma grande vantagem em relação a quem não a tem.

No caso das finanças pessoais, existem muitas apps que lhe permitem fazer um melhor seguimento dos seus gastos e rendimentos.

Se não gosta de registar todos os tickets e de anotar à mão todos os gastos ou rendimentos, então agora tem muitos programas informáticos que o farão por si.

Exemplos de apps e programas de controlo de finanças pessoais:

  • Toshl Finance – Disponível para todos os dispositivos, o Toshl Finance, exige a criação de uma conta, o que com a versão paga (15€/ano), permite sincronizar com outros dispositivos e colocar, por exemplo, mais do que um rendimento mensal. As categorias de despesas e receitas são personalizados por si, pode criar um orçamento, visualizar e exportar relatórios.
  • Gerenciador Financeiro – Para Android, o Gerenciador Financeiro é uma opção completa. Com um design muito limpo, permite introduzir despesas e receitas por tipo, identificar despesas repetidas, tem gráficos resumo, e pode definir várias carteiras. Para isso é necessário criar uma conta. O melhor: criar um orçamento mensal e definir alertas para quando ultrapassar determinado valor.
  • Spending Tracker – Apenas para iOS, o Spending Tracker é uma das melhores apps para as finanças pessoais. Apesar de estar em inglês, é possível definir a moeda para o Euro e personalizar a lista de receitas e despesas de acordo com as suas necessidades. Em cada transacção pode incluir uma nota e basta rodar o aparelho para ver os relatórios.
  • Money Wise – Gráficos, entradas de despesas e receitas, orçamentos, criação de várias contas virtuais, transferências entre contas, assim como exportar para o Excel é possível, na aplicação para Android, Money Wise. Ao contrário do Gerenciador Financeiro, não exige criação de conta.
  • Moneyboard – Para iOS, o Moneyboard tem um design limpo, é muito intuitivo e descomplicado. É possível definir as categorias de acordo com o seu dia-a-dia, registar poupanças e investimentos, exportar para ficheiro e backup na iCloud, O melhor: definir notificações para nunca esquecer de colocar as suas despesas diárias.
  • eBudget – Para iOS e Android, o eBudget também permite guardar e gerir as suas despesas, personalizar categorias, definir orçamentos mensais e acompanhar as suas despesas em gráficos. Peca por não permitir colocar fontes de receita. O melhor: pode tirar fotografias das suas faturas e identificar a localização das despesas.

 

Mexa-se rápido

Um mestre ninja mexe-se tão rápido como a luz, e você actualiza assim tão rápido as suas finanças pessoais?

Ganha e gasta dinheiro todos os dias. Embora possa parecer que não, você faz dezenas de operações diariamente, desde comprar um bilhete de metro a comer num restaurante de comida rápida (gastos), passando por prémios salariais por objectivos, subsídios de viagem (rendimentos).

Embora seja fácil monitorizar todas as operações com as apps, você deve ser rápido a actualizá-las (registá-las).

Você deve estar consciente que controlar as finanças como um especialista requer também ter motivação para isso. Tal como estudantes têm os seus trabalhos de casa todos os dias, também você deve controlar e actualizar os novos movimentos cada minuto do dia.

Quanto mais actualizadas e completas estiverem as suas transacções, mais fácil será controlá-las.

 

Fixe os seus objectivos

Ver o movimento antes de ele acontecer é a chave para não se desviar dos seus objectivos.

Se o seu orçamento familiar tem 800€ destinados aos gastos mensais, você deve ter em atenção possíveis gastos pontuais que possam modificar as suas expectativas e aumentar os gastos.

 

E agora já sabe como ser um ninja das finanças pessoais? Quer partilhar connosco outros truques?

2 Comentários

  1. José Cruz

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...