Como tirar o máximo partido das redes sociais para encontrar emprego

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

procurar empregoPara além das formas mais tradicionais de procurar emprego (jornal e portais de emprego) o aparecimento das redes sociais na Internet veio criar novas oportunidades de procura de trabalho.

Estas são actualmente uma excelente ferramenta para encontrar emprego. No entanto, ainda há muitas pessoas que as não sabem aproveitar, ou que não conhecem bem todas as funcionalidades e possibilidades para tentar entrar no mercado de trabalho. Vamos dar a conhecer os pontos-chave para tirar o máximo partido das redes sociais na procura de emprego.

 

Pontos-chave para procurar emprego nas redes sociais

Quem procura emprego através das redes sociais deve concentrar-se principalmente nas que são mais dirigidas às relações profissionais como é o caso do LinkedIn. A razão está simplesmente no facto deste tipo de redes permitir fazer contactos e encontrar empresas que estão à procura de empregados ou que têm processos de recrutamento em aberto.

linkedinA página de perfil no LinkedIn é essencialmente um currículo online, onde também é possível ter uma foto. O objectivo é ligar pessoas e profissionais, não apenas pela amizade, mas sobretudo pelos trabalhos que já fizeram juntos, pela experiência profissional, pela recomendação de profissionais, etc. Este site foi criado para apresentar os seus membros de “uma forma profissional” na Internet.

Para além disso, outra das redes que é preciso ter em conta para encontrar emprego é o Twitter. Esta rede social tem-se vindo a transformar numa plataforma imprescindível para muitas empresas, sendo também o canal que utilizam para dar a conhecer as vagas de emprego e os processos de selecção em curso.

Mas, e à parte de estar presente nestes fóruns e de ser activo a participar, é também preciso ter muito cuidado com a reputação online, segundo as recomendações dos especialistas (e o bom senso também assim o diz). Muitas vezes não se dá importância a isso, mas é um aspecto fundamental. O motivo está no facto dos recrutadores analisarem cada vez mais a presença nas redes sociais dos candidatos aos postos de trabalho. Por essa razão é preciso ter uma imagem cuidada e profissional, evitando as imagens menos apropriadas e as interacções menos correctas.

Não é positivo haver insultos, discursos, gostos e preferências questionáveis ou incómodas, mesmo quando permaneçam no âmbito privado e estejam relacionadas com o lazer, pois também dizem muitos sobre um candidato.

Com este tema é preciso ter um especial cuidado, até mesmo quando os factos já aconteceram há muito tempo porque o rasto das actividades que deixamos na Internet é muito difícil de apagar.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...