Como poupar dinheiro nas obras em casa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

como poupar dinheiroComo poupar dinheiro nas obras em casa. Dado o panorama do mercado imobiliário no nosso país, não será muito provável que a maioria de nós mude de casa nos próximos anos, ou pelo menos, não com a facilidade com que o podíamos fazer anteriormente, quando se vendiam andares como se fossem bolinhos.

Por isso e se a sua casa precisa de obras, não pense mais e comece a fazer planos. Se já se decidiu pelas obras mas precisa de dinheiro para começar, tome atenção ao resto deste artigo. Vamos ver quais as opções existentes para poder poupar dinheiro nas obras em casa.

O primeiro passo será informar-se sobre a eventual existência de subsídios para a recuperação de casas, uma vez que ainda existem muitas câmaras municipais a ajudar neste campo, principalmente se forem casas antigas localizadas em centros históricos. Assim e se for possível, aproveite estes subsídios e verá que gastará menos do que poderia esperar inicialmente.

Se tiver diversas obras mais pequenas por fazer, faça-as todas de uma só vez. Se optar por fazer estes pequenos arranjos de individualmente irá quase certamente gastar mais dinheiro do que fazendo tudo junto.

Contrate profissionais para a realização das obras. Embora inicialmente o orçamento possa ser mais elevado do que contratando um pedreiro qualquer, irá evitar problemas futuros com prováveis defeitos e terá mais garantias em relação ao prazo de execução das obras e aos respectivos acabamentos.

Pode ainda assinar um contrato com a empresa de construção civil onde esteja discriminado um prazo para a execução das obras. Desta forma evitará ter obras em casa a arrastar-se indefinidamente. Estes contratos costumam descriminar uma penalização para a empresa no caso de incumprimento e isso é sempre um ponto a seu favor, pois obriga a empresa a desenvolver todos os esforços a cumprir o contrato dentro dos prazos estabelecidos. Evite sempre os contratos verbais.

Consulte e compare vários orçamentos mas não opte automaticamente pelo mais barato sem estudar tudo atentamente. Os orçamentos das obras devem fazer referência aos materiais utilizados, marcas, qualidade, e se incluem ou não o valor do IVA. Verifique tudo muito bem e escolha o orçamento que lhe ofereça a melhor relação qualidade-preço.

Um comentário

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...