Como ganhar mais dinheiro. As 8 chaves para ajudar a melhorar as suas finanças pessoais

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Não importa se é estudante, empregado, freelancer, empresário, empregada doméstica o artista incompreendido. Há sempre formas de ganhar mais dinheiro. Ganhar mais dinheiro pode ajudar a cobrir o buraco entre o que se ganha e o que está a gastar.

como ganhar mais dinheiro

  1. Aprenda, eduque-se e estude sempre mais

    Não importa em que ponto está a sua vida. Aprender irá ajudá-lo a compreender como pode ganhar mais dinheiro. Se está empregado, certamente que um curso superior é sempre um ponto a seu favor na hora de pedir um aumento. Gostava se aprender a trabalhar a madeira e fazer trabalho de carpintaria? Tire um curso profissional. É provável que acabe por se dedicar a este tipo de trabalho depois de sair do emprego, e quiçá não estará aí o seu futuro? Haverá certamente assuntos que lhe despertam a atenção. Compre livros, procure na Internet, etc. Aprender coisas novas, para além de nos manter motivados, é ainda uma alternativa para criar outras fontes de rendimento, ou até que nos poderá ajudar a ingressar em novas carreiras profissionais.

  2. Faça aquilo que gosta

    “Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia em sua vida”. Todos temos actividades que fazemos por gosto nos tempos livres (fazer compras não conta, obviamente). Uma amiga disse-se que uma conhecida dela adora fazer trabalhos de costura. Assim e nos tempos livres dela, aproveita para criar roupas, cachecóis, echarpes, etc., que depois vende à amigas no trabalho ou no ginásio que frequenta. E está a ganhar bastante dinheiro com este hobbie! É coleccionador? Aproveite para comprar e vender artigos no e-bay? Gosta de escrever? Escreva um livro (pode ser um minilivro) e venda-o online como e-book! Ou tente escrever para um jornal ou para um blogue.

  3. Comece um pequeno negócio

    Muitas empresas grandes começaram como “side business” ou negócios que se foram criando ao mesmo tempo que os seus criadores trabalhavam a tempo inteiro noutro lado. Pode ser algo pequeno como vender suplementos nutricionais ou fazer bolos aos fins-de-semana, mas ao longo do tempo e se gostar mesmo dessa actividade, irá conseguir ter um bom rendimento extra, ou mesmo ter a possibilidade de fazer a transição de empregado para patrão/empreendedor. Se não lhe interessa ser o dono de um negócio, então pode manter o seu pequeno negócio ao longo do tempo e usar esse dinheiro em coisas úteis.

  4. Mantenha as suas relações

    Quer seja alguém popular ou uma pessoa mais solitária, é igualmente importante que que cuide e mantenha todas as relações estabelecidas ao longo da vida. Tenha cuidado com a sua reputação, não fale mal das pessoas, seja o mais honesto possível, ajude os outros sempre que puder. E não deixe que nenhuma relação se interrompa devido a mal-entendidos. Isto tem muita importância quando surgem novas oportunidades, negócios, trabalhos, etc. O facto de ter hoje trabalho, não significa que amanhã esteja empregado, pelo que deve cuidar e manter as suas relações pessoais e profissionais pois estas são a melhor porta de saída em situações de desemprego.

  5. Aprenda a vender

    Já ouvi dizer que quem sabe vender nunca irá passar fome, independentemente da profissão, estudos, etc. Por alguma razão (particularmente em certos sectores) é mal visto ser “vendedor”. É como se fosse uma casta inferior dentro do mundo do trabalho. No entanto, nenhuma empresa sobrevive se não souber vender os seus produtos ou serviços. Também não vale a pena criarmos nenhum novo negócio se não soubermos como vender os nossos próprios produtos ou serviços. Também dentro de uma empresa as pessoas que sabem vender, ganham mais e melhor, sobem mais rápido na hierarquia e são notados mais facilmente do que os seus colegas, que até podem ser bons trabalhadores mas mais tímidos a realizar vendas.

  6. Não tenha medo de cobrar

    Este medo está muito relacionado com o ponto anterior. Conheço pessoas que sabem vender qualquer produto. O problema está quando chega a hora do pagamento. Têm tanta pena das pessoas que nem lhes pedem o dinheiro devido! Mas também ninguém quer trabalhar de graça, ou quer? Cobrar não é mau. Cobrar é algo que é essencial para a sobrevivência de qualquer negócio. Cobrar é a acção justa depois do esforço realizado para fazer o trabalho. Cobrar permite-nos dar mais um passo na direcção da nossa liberdade financeira.

  7. Não caia em armadilhas para ganhar “dinheiro rápido”

    Não existe dinheiro rápido. Sem esforço não há recompensa, por isso não tenha ilusões e desconfie de quem lhe diz o contrário. Não perca ou seu tempo ou dinheiro com pessoas que lhe propõem ganhar dinheiro rápido.

  8. Não deixe que o mundo se feche para si

    O mundo está cheio de oportunidades e opções, para qualquer um. Não importam as vozes dos “velhos de Restelo” para quem tudo são dificuldades. É mentira. Há sempre opções e novas oportunidades ao cada virar de cada esquina. É apenas uma questão de se mentalizar para isso, e colocar os seus neurónios a funcionar um pouco que as opções e novas oportunidades irão surgir. Você apenas tem de escolher o que será melhor para si ou o que lhe agrada mais fazer.

 

Image via Images Money no Flickr

Um comentário

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...