Aptidões e atitudes mais valorizadas pelas empresas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Quando se responde a uma oferta de trabalho, o primeiro aspecto verificado pelas empresas é confirmar se estão reunidos todos os requisitos em relação à formação, experiência profissional, conhecimento de idiomas, etc., necessários para poder preencher o posto de trabalho. No entanto, o que aparece no currículo é somente uma parte do que a empresa irá tomar em consideração na hora da escolha, uma vez que para além dos conhecimentos, experiência, etc., os seleccionadores procuram, dependendo do posto de trabalho, uma serie de aptidões e atitudes, que tornam quem as tiver no candidato perfeito. Por tudo isso, se está a procurar emprego, será também conveniente ter presente os seguintes aspectos:

aptidões e atitudes

  • Coeficiente emocional: Intimamente relacionado com a já famosa inteligência emocional. O coeficiente emocional é valorizado nos casos de postos de trabalho relacionados com direcção e chefias, ou se for necessário trabalhar em equipa, uma vez que as pessoas que possuem mais inteligência emocional têm maior empatia, são mais maduros emocionalmente e ligam-se mais facilmente aos outros. Isto traduz-se num aumento do entusiasmo e da produtividade do grupo de trabalho que dirigem ou em que participam.
  • Capacidade de decisão: Embora não restem duvidas de que os superiores hierárquicos esperam que sejam cumpridas as suas indicações e directrizes, também se valoriza muito que um trabalhador seja capaz de tomar as suas próprias decisões em relação às suas tarefas, de que também resulta maiores benefícios para o funcionamento da empresa. A capacidade de decisão está também ligada à proactividade, um outro aspecto também muito valorizado actualmente.
  • Capacidade de trabalhar sob pressão: Hoje em dia são poucos os trabalhos que não são feitos em contra-relógio e com prazos muito curtos, o que obriga os trabalhadores a desempenhar as suas funções de uma forma rápida, correcta e eficaz, sem que isso implique uma perda da capacidade de trabalho.
  • Flexibilidade e capacidade de adaptação: As empresas procuram trabalhadores que se adaptem facilmente às mudanças que possam surgir e que sejam flexíveis em relação às suas tarefas ou funções.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...