Aprenda a procurar emprego na Internet

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

empregoProcurar emprego na internet não significa apenas abrir um blogue, colocar o currículo online, introduzi-lo nos principais meios sociais e enviar de forma indiscriminada a sua vida profissional para todas as empresas possíveis.

Encontrar o posto de trabalho que ambiciona requer muita paciência e uma estratégia bem definida e planeada. A web 2.0 é actualmente uma montra global que permite aos profissionais anónimos aumentarem a sua visibilidade e ser encontrados. No entanto, aprender a movimentar-se nos meio digitais é uma tarefa que deve ser feita regularmente e cujos resultados aparecem a médio ou longo prazo. Por tudo isso, é importante definir a sua própria estratégia de procura de emprego e clarificar bem os seus objectivos para o futuro. Para o efeito deverá responder com sinceridade às seguintes questões: Em que áreas você se destaca e é bom profissional? Que tipo de trabalho pretende fazer e onde quer trabalhar? Quer mudar de sector de actividade? Prefere continuar a trabalhar no seu país ou não se importa de fazer as malas e continuar a sua carreira no estrangeiro?

Outra parte deste trabalho prévio será investigar a fundo as empresas que pretende contactar. Para isso deve investigar os respectivos websites, dando uma especial atenção às redes sociais onde a empresa está representada, e verificando qual é a rede social onde se irá sentir mais cómodo para começar a interagir.

Uma vez realizado este trabalho, começa a parte de deixar o seu perfil o mais bem preparado possível para despertar o interesse das empresas. Aqui ficam então as redes sociais que melhor o podem ajudar na procura de emprego na internet:

 

LinkedIn

Nesta rede tem acesso às empresas e aos próprios profissionais. No caso das empresas, verifique como é a sua presença neste meio: com perfis profissionais da equipa de recursos humanos, com o perfil global da firma ou com um grupo próprio e específico consoante cada um dos temas que lhes interessam. Em qualquer dos casos, estabelecer contactos neste meio não tem que ser solicitando directamente um convite de conexão. Atraia a atenção da empresa com conteúdos que acrescentem valor. No caso de conseguir chamar a atenção, evite que as empresas ou profissionais de recursos humanos fiquem decepcionados consigo porque o seu perfil é pobre e pouco trabalhado.

 

Facebook

Muitas empresas ainda olham para o Facebook como um meio de vasculhar a vida dos candidatos. Mas este comportamento está a mudar e nalguns países como por exemplo os Estados Unidos, algumas empresas para além de terem a sua própria página corporativa, dispõem de uma secção com carreiras profissionais para atrair universitários ou outros perfis que lhes possam vir a interessar.

 

Twitter

Seja activo e torne-se um especialista. Como? Publicando tweets com conteúdos de valor sobre um determinado tema. Torne-se assim um especialista nesse tema e poderá vir a ser descoberto e seguido por alguém que o poderá contratar. E naturalmente, use e procure hashtags relacionado com o sector onde pretende vir a conseguir emprego, procure contas relevantes e siga-as, interagindo com elas.

 

Google

Aproveite a força e o efeito viral deste gigante. Para muitos recrutadores este é o primeiro meio onde vão pesquisar currículos. Uma fórmula que começa a ganhar alguma notoriedade é o vídeo profissional. Os vídeos já indexados pelo Youtube têm uma excelente visibilidade nos resultados de pesquisa. A chave para um bom vídeo é ser descritivo, inovador e directo.

 

Prezi

É o chamado novo power point visual e animado, e uma outra forma que pode usar para se destacar. Pode incorporar a força do vídeo, a animação e o áudio à sua mensagem. Lembre-se no entanto que o seu objectivo principal é a utilização do Prezi para obter destaque e potenciar algum elemento em concreto. Não torne a sua apresentação demasiado pesada.

Deixe o seu comentário