As 6 regras fundamentais dos bons investidores

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

investimento

As 6 regras fundamentais dos bons investidores. Quer entrar no mundo dos investimentos, começar a fazer crescer o seu dinheiro, criar rendimentos passivos, viver dos juros?

Excelente! Faz muito bem.

No entanto deve ter cuidado porque parece tudo muito bonito até começarem a surgir as menos valias (diminuição do valor dos investimentos). Nessa altura, o medo pode tomar conta de si, você acaba por levantar o dinheiro e o sonho de ganhar dinheiro desvanece-se por completo.

Mas os investimentos não devem ser realizados ao acaso, pelo que deve ter um bom plano para fazer crescer o seu dinheiro. Leia muito sobre este tema e interiorize estas 6 regras fundamentais dos bons investidores:

 

Respeite o prazo dos investimentos

Tudo demora o seu tempo. De nada serve investir se depois de apenas três meses já retirou todo o seu dinheiro porque teve receio de perder tudo ou porque precisou dele para alguma despesa que não estava a contar.

O que nos leva a:

 

O dinheiro investido nunca deve ser o que é usado para os gastos normais do mês

Se não tem poupanças, não pode (nem deve) investir. Não complique a sua vida.

 

Também não deve investir o dinheiro do fundo de emergência

Se está a começar a juntar dinheiro também não é o momento certo para investir (ou pelo menos não em instrumentos que permitam obter melhores rendimentos). Em primeiro lugar deve constituir um fundo de emergência próprio numa conta à ordem, e só depois disso é que deve começar a pensar em investir.

 

A disponibilidade do dinheiro é inversamente proporcional aos rendimentos

Isto é outra forma de dizer que quanto maior for a liquidez, menores são os rendimentos.

Quer dispor do seu dinheiro em qualquer altura? Então irá ganhar menos. Quer ganhar mais? Então terá de manter o dinheiro investido durante mais tempo sem poder mexer nele.

 

Não existe nenhum instrumento financeiro perfeito

Quer investir em algo que seja 100% seguro, que lhe dê 30% de rendimento anual, que não cobre comissões e que tenha liquidez permanente? Pois. Também eu queria! O problema é que isso não existe.

 

Não existe nenhum instrumento financeiro mágico

Como por exemplo ser seguro, dar 30% de rendimento anual, não cobrar comissões e ainda multiplicar-se sozinho sem ser necessário lá meter um único euro.

Se quer aumentar o seu património tem de alimentar o seu investimento com dinheiro novo todos os meses. O juro composto é bom, mas nunca irá crescer tanto como quando é injectado dinheiro novo.

 

Seja inteligente, seja audaz e tenha bom senso. Investir não tem de ser uma coisa complicada. Por isso, simplifique a sua vida e aplique estes conceitos fundamentais. Vai ver como tudo é mais simples.

Ajude a partilhar esta infografia para que mais pessoas aprendam a investir melhor.

bons investidores

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.